Para uma teoria geral da renda em Marx: um estudo sobre a renda básica

Autores

  • Raquel de Azevedo Universidade Federal de Uberlândia

DOI:

https://doi.org/10.14393/REE-v38n2a2023-65334

Palavras-chave:

renda, renda básica, acumulação primitiva, organização

Resumo

A separação entre valor e forma de participação no valor é a característica comum às três formas de renda do capital – lucro, juro e renda terra – e à forma-salário. Este artigo propõe que a renda básica seja pensada em série com as demais formas de renda desde que a tomemos como uma nova forma de participação no valor. Para além das interpretações da renda básica como resposta ao desemprego tecnológico ou como forma de cidadania pelo consumo, procuramos enquadrá-la como resultado do que chamamos de acumulação primitiva do nosso tempo: a separação dos trabalhadores de sua capacidade de se organizar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2023-09-21

Como Citar

DE AZEVEDO, R. Para uma teoria geral da renda em Marx: um estudo sobre a renda básica . Revista Economia Ensaios, Uberlândia, Minas Gerais, Brasil, v. 38, n. 2, 2023. DOI: 10.14393/REE-v38n2a2023-65334. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistaeconomiaensaios/article/view/65334. Acesso em: 19 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos