Os efeitos do Programa Auxílio Emergencial sobre os indicadores da COVID-19: uma análise por Propensity Score Matching

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/REE-v38n2a2023-65333

Palavras-chave:

Política Pública, Auxílio Emergencial, Propensity Score Matching, Covid-19

Resumo

O objetivo do artigo é avaliar a eficácia do Programa Auxílio Emergencial (PAE) na redução da probabilidade de os indivíduos apresentarem sintomas relacionados ou testarem positivo para Covid-19. A hipótese testada é que pessoas que receberam Auxílio Emergencial puderam reduzir a circulação e manter um grau mais alto de isolamento social, e por isso tiveram menor propensão a apresentar sintomas relacionados e ou testarem positivo. A metodologia adotada foram os modelos de Pareamento por Escore de Propensão (PSM), com dados da pesquisa PNAD-COVID19 (IBGE) do período de maio a dezembro de 2020. Os resultados encontrados confirmam a hipótese deste trabalho.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2023-09-21

Como Citar

CAETANO DE SOUSA JUNIOR, V.; RODRIGUES DE OLIVEIRA, R.; GIOMO, D. Os efeitos do Programa Auxílio Emergencial sobre os indicadores da COVID-19: uma análise por Propensity Score Matching. Revista Economia Ensaios, Uberlândia, Minas Gerais, Brasil, v. 38, n. 2, 2023. DOI: 10.14393/REE-v38n2a2023-65333. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistaeconomiaensaios/article/view/65333. Acesso em: 19 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos