Excesso de liberação de capital produtivo, finaceirização e a mensuração da taxa de lucro na economia dos EUA

Autores

  • Lucas Rodrigues Unifesspa
  • Marcelo Milan UFRGS
  • Ronaldo Herrlein Jr. UFRGS

DOI:

https://doi.org/10.14393/REE-v37nesp.a2022-64428

Resumo

Maldonado Filho (1982) mostra a importância da absorção e liberação de capital produtivo para a transformação dos valores em preços de produção. A liberação do capital aumenta o volume de capital-monetário. Contudo, há um efeito de retroalimentação importante neste processo. O capital na forma monetária pode ser reproduzido como capital portador de juros, criando um ímpeto para a financeirização, que por sua vez modifica a taxa de lucro e a própria dinâmica capitalista. Este artigo propõe a utilização de uma taxa de lucro sobre o patrimônio líquido e seus componentes, estimando-a para o caso dos EUA para o período 1960-2015.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-01-31

Como Citar

RODRIGUES , L. .; MILAN , M. .; HERRLEIN JR., R. . Excesso de liberação de capital produtivo, finaceirização e a mensuração da taxa de lucro na economia dos EUA. Revista Economia Ensaios, Uberlândia, Minas Gerais, Brasil, v. 37, n. esp. jan., 2022. DOI: 10.14393/REE-v37nesp.a2022-64428. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistaeconomiaensaios/article/view/64428. Acesso em: 9 dez. 2022.