O que são os esquemas de reprodução de Karl Marx?

Autores

  • Giliad de Souza Silva Unifesspa

DOI:

https://doi.org/10.14393/REE-v37nesp.a2022-64405

Resumo

Este ensaio visa apresentar, de maneira didática, o problema da realização ou de demanda efetiva, que Karl Marx expõe nos últimos capítulos do Livro 2 d’O Capital, através de seus esquemas de reprodução. A hipótese fundamental é que esses esquemas versam sobre auto-reprodução do capital social, cuja limitação é dada por fatores endógenos. As principais conclusões são: (i) que o consumo produtivo importa na análise da realização do capital social e não pode ser negligenciado, como fez Adam Smith; (ii) que os setores responsáveis pela produção das mercadorias consumidas produtivamente (Departamento I) dão a tônica da acumulação de capital que ocorre nos setores responsáveis pela produção das mercadorias consumidas individualmente (Departamento II); (iii) que os esquemas de reprodução apresentam uma parte da teoria marxiana de crise, sendo responsável por apresentar os motivos de tal fenômeno ser endógeno.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-01-31