A reestruturação da indústria brasileira: uma análise locacional - 1990 a 2016

Autores

  • Ariana Cericatto da Silva

DOI:

https://doi.org/10.14393/REE-v33n0a2019-50417

Resumo

O padrão de localização brasileiro é bastante heterogêneo, refletindo na distribuição e participação regional nas diversas atividades industriais. Este artigo teve como objetivo analisar a distribuição espacial das atividades industriaisdentre os estados brasileiros no período de 1990 e 2016. Utilizou-se como método de análise regional o Coeficiente de Reestruturação (CR) e o Quociente Locacional (QL). Os resultados do QL mostraram que São Paulo continua sendo o estado que mais concentra emprego industrial, seguido por estados do Sul e do Sudeste, no entanto, as atividades industriais em que esses estados se especializaramdemonstram que as atividades industriais brasileiras continuam atreladas a atividades mais tradicionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-09-05