Eficiência técnica dos gastos dos prefeitos nas eleições municipais de 2016

Autores

  • Helson Gomes de Souza UFPB
  • Ana Karolina Acris Melo UFPB
  • Francisco José Silva Tabosa UFC
  • Pablo Urano de Carvalho Castelar UFC

DOI:

https://doi.org/10.14393/REE-v37n1a2022-49076

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo verificar o nível de eficiência nos gastos de campanha dos prefeitos eleitos nos municípios brasileiros. Para tanto, foram utilizados dados das despesas dos candidatos referentes às eleições municipais de 2016. Utilizou-se o método DEA, o qual possibilitou a obtenção das eficiências relativas e dos scores de eficiência dos prefeitos. Foi verificado que doze prefeitos se posicionaram sobre a fronteira de possibilidades e que grande parte dos prefeitos eleitos alcançaram níveis relativamente baixos de eficiência. Por fim, concluiu-se que a maioria dos prefeitos eleitos em 2016 poderiam ter distribuído suas despesas de uma maneira mais eficiente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-04-20

Edição

Seção

Artigos