Indivíduo, comportamento e decisão econômica: as contribuições dos conceitos de racionalidade limitada, processos cognitivos duais e heurísticas

Autores

  • Aline Zulian
  • Orlando Martinelli Júnior
  • Solange Regina Marin

DOI:

https://doi.org/10.14393/REE-v33n2a2019-37787

Resumo

Longe de pretender apresentar todos os elementos que compõem a cognição humana, o objetivo principal deste artigo é possibilitar uma melhor compreensão do comportamento dos indivíduos na economia em relação à teoria neoclássica tradicionalmente difundida, por meio da apresentação dos seguintes aspectos cognitivos: racionalidade limitada, processos cognitivos (deliberativos e intuitivos) e heurísticas. O artigo apresenta contribuições conceituais que ampliam o entendimento do comportamento dos agentes econômicos e de seus processos decisórios. Destaca-se a importância dos aspectos cognitivos dos indivíduos relacionados aos conceitos de racionalidade limitada e processual de Simon, de processos cognitivos e de heurísticas de Kahneman e Tversky. O comportamento do indivíduo não é plenamente racional, maximizador e naturalmente dado, mas é guiado por processos comportamentais complexos, internos e externos ao ser humano, influenciados por contextos situacionais, sociais e institucionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-10-17

Como Citar

ZULIAN, A.; MARTINELLI JÚNIOR, O.; MARIN, S. R. Indivíduo, comportamento e decisão econômica: as contribuições dos conceitos de racionalidade limitada, processos cognitivos duais e heurísticas. Revista Economia Ensaios, Uberlândia, Minas Gerais, Brasil, v. 33, n. 2, 2019. DOI: 10.14393/REE-v33n2a2019-37787. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistaeconomiaensaios/article/view/37787. Acesso em: 9 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos