Identificando a persistência e os determinantes dos desvios inflacionários no Brasil

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/REE-v33n1a2018-37770

Resumo

Este artigo identificou o componente de persistência e os determinantes dos desvios inflacionários no Brasil, entre jan/2003 e dez/2014. Realizaram-se estimações por GMM, e de respostas generalizadas ao impulso através de modelos Vetoriais Autoregressivos Bayesianos (BVAR). Verificou-se que: i) as estimações por GMM indicam elevado grau de inércia de tais desvios, apesar de uma atenuação nas estimações BVAR; ii) variação cambial e de preços de commodities não pode ser creditada como principal fonte dos desvios inflacionários; iii) a credibilidade desempenha papel importante nesses desvios.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

André Abdala, Universidade Federal do Espírito Santo

Mestre em Economia pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)

Ricardo Ramalhete Moreira, Universidade Federal do Espírito Santo

Professor do Departamento de Economia da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES).

Downloads

Publicado

2019-06-04

Como Citar

ABDALA, A.; MOREIRA, R. R. Identificando a persistência e os determinantes dos desvios inflacionários no Brasil. Revista Economia Ensaios, Uberlândia, Minas Gerais, Brasil, v. 33, n. 1, 2019. DOI: 10.14393/REE-v33n1a2018-37770. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistaeconomiaensaios/article/view/37770. Acesso em: 6 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos