Demanda residencial por energia elétrica no Brasil: uma análise econométrica a partir de séries temporais (1990-2013)

Autores

  • Calisto Rocha Oliveira Neto UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
  • Elaine Carvalho de Lima UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERL

DOI:

https://doi.org/10.14393/REE-v32n1a2017-10

Resumo

Com base na Teoria Econômica do Consumidor, o presente artigo busca analisar o comportamento da demanda por energia elétrica da classe residencial, entre 1990 e 2013, relacionando as variáveis Produto Interno Bruto (PIB), índice de preço dos eletrodomésticos e a tarifa da energia. Foram utilizados modelos econométricos dinâmicos com base em séries temporais como VAR e VEC, além do teste de causalidade de Granger, os quais permitem fazer previsões. As estimações sugerem que os dados se ajustam bem à teoria, uma vez que os sinais das elasticidades preço e renda do consumo residencial estão de acordo com a teoria econômica. Constatou-se que a demanda por energia vem aumentando ao longo do tempo, principalmente com crescimento PIB brasileiro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Calisto Rocha Oliveira Neto, UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE

MESTRE EM ECONOMIA PELA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE

Elaine Carvalho de Lima, UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERL

DOUTORANDA EM ECONOMIA PELA UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERL

Downloads

Publicado

2018-03-12

Edição

Seção

Artigos