Dinâmica de Portfólio dos bancos públicos no período 1995/2010 e uma análise da liberação dos recursos do BNB

Autores

  • Nathália Bizinoto Silva Universidade Federal de Uberlândia
  • Vanessa Petrelli Corrêa

DOI:

https://doi.org/10.14393/REE-v31n1a2016-8

Resumo

Nosso objetivo neste trabalho foi analisar o comportamento dos bancos públicos, no que tange à sua lógica de oferta de empréstimos no interregno 1995-2010, analisando, mais especificamente, o comportamento do Banco do Nordeste. A compreensão é de que a decisão da oferta de empréstimos dos bancos públicos envolve uma decisão entre aplicações alternativas e isso ocorre mesmo considerando que esses bancos teriam uma lógica particular, definida pela implantação de políticas específicas.  A nossa hipótese é que entre 2000 e 2007, o comportamento dos bancos públicos se dirigiu a uma lógica de maior semelhança com a lógica da atuação dos bancos privados. Paralelamente, após 2008, seria possível verificar uma mudança de performance, com um importante avanço das operações de créditos, quando esses bancos atuam de forma anticíclica. No entanto, a nossa hipótese é a de que esse avanço privilegiou os tomadores "mais seguros", contribuindo para uma maior concentração do perfil dos empréstimos. Os dados desenvolvidos comprovaram essa hipótese. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Nathália Bizinoto Silva, Universidade Federal de Uberlândia

Universidade Federal de Uberlândia 

PPGE

 

Downloads

Publicado

2017-06-01

Como Citar

SILVA, N. B.; CORRÊA, V. P. Dinâmica de Portfólio dos bancos públicos no período 1995/2010 e uma análise da liberação dos recursos do BNB. Revista Economia Ensaios, Uberlândia, Minas Gerais, Brasil, v. 31, n. 1, 2017. DOI: 10.14393/REE-v31n1a2016-8. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistaeconomiaensaios/article/view/34984. Acesso em: 30 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos