Mudança estrutural e expansão produtiva da economia gaúcha no período 1998-2008: uma análise de Insumo-Produto

Autores

  • Henrique Morrone Professor Adjunto UFRGS

DOI:

https://doi.org/10.14393/REE-v31n1a2016-2

Resumo

O objetivo deste trabalho é verificar empiricamente o papel dos setores na economia gaúcha, bem como investigar as fontes das mudanças estruturais da economia gaúcha no período 1998-2008. Para isso, emprega-se os dados das matrizes de insumo-produto (MIP) de 1998 e 2008 da Fundação de Economia e Estatística do Rio Grande do Sul (FEE-RS) a fim de verificarmos a direção do movimento de mudança estrutural, bem como seus fatores explicativos. A técnica de decomposição estrutural de insumo-produto foi utilizada para acessar a contribuição dos efeitos das variaçoes da demanda final e da razão insumo-produto na explicação do crescimento da produção.Os resultados indicam que as variações da demanda final explicam a maior partedo crescimento da produção setorial, deixando o efeito das variações de insumo-produto com um papel marginal nesse processo. As análises mostram também que os diferenciais nas taxas de crescimento da produção dos setores também devem-se preponderantemente às variações da demanda final. As estimações apontam à mudança estrutural em direção à agropecuária, indicando um papel ativo do setor como propulsor do crescimento econômico estadual.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-06-01

Edição

Seção

Artigos