Avaliação dos Programas de Incentivos Fiscais do Estado de Goiás entre 2000 e 2013

Autores

  • Eduardo Santos Araújo Mestre em Desenvolvimento Econômico pela Universidade Federal do Paraná. Pesquisador Instituto Mauro Borges de Estatística e Estudos Socioeconômicos (IMB)

DOI:

https://doi.org/10.14393/REE-v30n2a2016-3

Resumo

O artigo analisa os programas de incentivos fiscais de Goiás entre 2000 e 2013, de modo a verificar seu impacto econômico vis-à-vis o custo fiscal gerado. Primeiramente, são feitas algumas considerações sobre a economia goiana e a caracterização dos programas de incentivos fiscais de Goiás. Posteriormente, são analisados os custos fiscais dos programas e como afetam a receita pública estadual. Por fim, são evidenciados os impactos econômicos de forma quantitativa e qualitativa. A hipótese do artigo é que os programas de incentivos fiscais de Goiás perderam capacidade de estimular o investimento privado no Estado nos últimos anos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-09-20

Como Citar

ARAÚJO, E. S. Avaliação dos Programas de Incentivos Fiscais do Estado de Goiás entre 2000 e 2013. Revista Economia Ensaios, Uberlândia, Minas Gerais, Brasil, v. 30, n. 2, 2016. DOI: 10.14393/REE-v30n2a2016-3. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistaeconomiaensaios/article/view/29357. Acesso em: 2 mar. 2024.

Edição

Seção

Artigos