Uma Investigação Teórica e Empírica Sobre os Determinantes do Crescimento Econômico na China (1978 - 2003)*

Autores

  • Daniel Caixeta Andrade Universidade Federal de Uberlândia
  • Flávio Vilela Vieira Universidade Federal de Uberlândia

Resumo

Sumário: 1. Introdução; 2. Crescimento Econômico na China: Aspectos Teóricos e Evidência Empírica; 3. Comércio Exterior, Política Cambial e Fluxos de Capital na China; 4. Análise Econométrica do Crescimento Econômico de Longo Prazo na China no Período 1978-2003; 5. Conclusão. Palavras-chave: Crescimento econômico. China. Modelo var. Códigos JEL: O40; O53; C32. O principal objetivo deste trabalho é analisar empiricamente a experiência de crescimento econômico na China no período 1978-2003. Partiu-se da hipótese de que existem vários aspectos do crescimento econômico chinês das últimas décadas, dentre os quais estão as altas taxas de investimento, a maior abertura comercial e financeira, o regime cambial rígido e os investimentos em capital humano. A modelagem conométrica envolveu a estimação de modelos VAR (ADV) e testes de causalidade de Granger, sendo que os resultados obtidos apontam que o investimento e a taxa de câmbio foram os principais determinantes do crescimento econômico da China no período analisado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-02-12

Como Citar

ANDRADE, D. C.; VIEIRA, F. V. Uma Investigação Teórica e Empírica Sobre os Determinantes do Crescimento Econômico na China (1978 - 2003)*. Revista Economia Ensaios, Uberlândia, Minas Gerais, Brasil, v. 21, n. 2, 2009. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistaeconomiaensaios/article/view/1562. Acesso em: 5 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos