A ATUAL CRISE DE ENERGIA NO BRASIL E AS PERSPECTIVAS PARA O DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO: Um Enfoque Alternativo

Autores

  • Econir Pontes de Oliveira
  • Carlos Gomide da Silva

Resumo

Resumo: A opção de política econômica do governo ao indicar a necessidade de redução do consumo de energia, embora considerada socialmente justa uma vez que todos seriam obrigados a reduzir o consumo na mesma proporção a partir das respectivas médias históricas de consumo, desconsiderou o contexto de equidade marginal como alternativa mais adequada para a contenção da demanda. A alternativa que seria socialmente, economicamente e politicamente mais adequada deveria se pautar pela redução do consumo sob a ótica de um estímulo financeiro crescente para aqueles que conseguissem reduzir seu consumo. Significaria deixar a cargo da sociedade a decisão de redução com base no comportamento individual dos agentes econômicos, com a evidente ressalva de que a não redução poderia levar ao temido black-out. O presente trabalho demonstra que tecnicamente os resultados de redução de consumo poderiam ser maximizados caso se adotasse a alternativa de um estímulo financeiro. Além de uma maior facilidade administrativa, a alternativa não levaria ao conflito judicial e muito menos ao desnecessário desgaste político incorrido pelo governo. Palavras-Chaves: desenvolvimento, equidade, oferta de energia, decisões de longo prazo. Códigos JEL: H21, H30, R21. Keywords: development, equity, energy suply, long term decision. JEL Codes: H21, H30, R21.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-12-14

Como Citar

OLIVEIRA, E. P. de; SILVA, C. G. da. A ATUAL CRISE DE ENERGIA NO BRASIL E AS PERSPECTIVAS PARA O DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO: Um Enfoque Alternativo. Revista Economia Ensaios, Uberlândia, Minas Gerais, Brasil, v. 17, n. 1, 2008. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistaeconomiaensaios/article/view/1266. Acesso em: 16 abr. 2024.