AJUSTAMENTO EXTERNO E REGIMES DE TAXA DE CÂMBIO NA AMÉRICA LATINA

Autores

  • Otaviano Canuto
  • Marcio Holland de Brito

Resumo

Resumo O objetivo central deste trabalho é apresentar os fatores determinantes das estratégias de políticas cambiais adotadas na América Latina, bem apontar seus efeitos em termos de problemas de ajustamento externo, entre outros. Procura-se destacar a ampliação da vulnerabilidade externa às crises financeiras e cambiais advindas de outras regiões, bem como, um mecanismo endógeno de propagação de crises no interior da região. Os resultados básicos deste trabalho podem se resumir no fato de que não se pode apontar para uma estratégia ótima de política cambial, mesmo que tenha sido observado um conjunto aparentemente diferenciado de regimes de câmbio adotados ao longo da década. Palavras-chaves: Estratégias de políticas cambais, regimes cambiais, América Latina Abstract This paper approaches some common features presented by distinctive exchange rate regimes adopted in Latin American large economies in the nineties, insofar as their actual ability to provide a defense against foreign shocks. We attempt to illustrate how Latin American economies have remained vulnerable to liquidity shocks coming from other regions, whatever have been the national choices of exchange rate regime. We also highlight how those shocks from abroad have been widespread through an endogenous mechanism of the crisis propagation within Latin America. Our hypothesis is that the availability of a foreign liquidity cushion at the region level tends to continue to be a necessary condition for higher macroeconomic stability, whether or not exchange rate regimes in the region converge towards bi-polar cases of hard pegs and flexible regimes. Keys-words: Foreign liquidity; exchange rate regime, Latin American economies.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-12-15

Como Citar

CANUTO, O.; BRITO, M. H. de. AJUSTAMENTO EXTERNO E REGIMES DE TAXA DE CÂMBIO NA AMÉRICA LATINA. Revista Economia Ensaios, Uberlândia, Minas Gerais, Brasil, v. 15, n. 2, 2008. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistaeconomiaensaios/article/view/1195. Acesso em: 19 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos