ANaLISE COMPARATIVA DO DESEMPREGO NO BRASIL DURANTE AS DÉCADAS DE 80 E 90: IMPLICAÇÕES E PANORAMAS ECONÔMICOS

Autores

  • Madalena Maria Schlindwein
  • Pery Francisco Shikida

Resumo

Resumo O objetivo deste trabalho é desenvolver uma análise comparativa dos níveis de desemprego, registrados no Brasil, ao longo das décadas de 80 e 90, destacando suas principais causas e efeitos, além de sua relação com o processo de desenvolvimento econômico. São considerados os principais indicadores, como desemprego, crescimento econômico e inflação, em sua performance e interrelações. Os autores analisam, para o período em questão, a influência sobre o desemprego e a performance da economia brasileira de algumas das variáveis externas, como a revolução tecnológica, o processo de globalização da economia e a privatização de empresas estatais. O método utilizado é o de uma revisão crítica da literatura e dos dados referentes às variáveis econômicas, endógenas e exógenas, mais diretamente ligadas ao problema proposto, quais sejam: as próprias taxas de desemprego, os níveis observados de inflação, os indicadores de crescimento econômico, além da abertura comercial e do processo de privatização das empresas estatais. Os dados referentes às variáveis econômicas utilizados na elaboração deste trabalho são provenientes de material bibliográfico relacionado ao tema em questão, tais como: livros, periódicos, revistas especializadas, além de trabalhos científicos publicados. O período central, para a análise comparativa destes dados, são as décadas de 80 e 90. Os resultados obtidos revelam que a década de 80 foi considerada a 'década perdida'. Comparando-se os dois períodos, poder-se-ia afirmar que a década de 90 apresentou uma pior performance, de sorte que poderia ser considerada 'mais perdida' que a anterior. Porém, esses indicadores não são suficientes para rotular os anos 90 como perdidos, pois, para tanto, é preciso avaliar a capacidade de crescimento futuro da economia, após as reformas institucionais e econômicas dos anos 90. Abstract The objective of this paper is a comparative analysis of unemployment in Brazil throughout the 80's and 90's in the face of the political and economic context of this period. The principal indicators considered are: 15 unemployment itself, economic growth and inflation. We attempt to point out the performance of and interrelationships between these indicators. We also analyse the influence of some external variables such as the technological revolution, the globalisation process of the economy, and the privatisation of state enterprises on unemployment and on the performance of the Brazilian economy during the period of analysis. The methodology used in the elaboration of this paper is based on revisionism. The data originates from a range of bibliographic material relevant to the matter in question, including books, periodicals, specialist journals as well as published scientific works. The results obtained reveal that the decade of the 80's was considered the "lost decadeâ€? due to its weak economic performance. However, comparing the two periods, we can confirm that the 90's were responsible for the worst economic performance, with the levels of unemployment, inflation and economic growth worse than those registered during the 80's. According to these indicators, the 90's could be considered more lost than the 80's. Nevertheless, the evaluation of these indicators alone is not sufficient to describe the 90's as lost; it is necessary also to evaluate the capacity for future growth in the economy, after the economic and institutional reforms implemented throughout the 90's. KEY WORDS: Unemployment, Technological Revolution and Globalisation of the Economy

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-12-15

Edição

Seção

Artigos