Intervenções do projeto “Orientação Profissional na Escola” em contexto de pandemia

um relato de experiência

Autores

  • Larissa da Silva Miranda Universidade Federal do Cariri
  • Richard Mateus de Oliveira Nonato Universidade Federal do Cariri
  • Milton Jarbas Rodrigues Chagas Universidade Federal do Cariri
  • Paulo Henrique Leal Universidade Federal do Cariri

DOI:

https://doi.org/10.14393/REE-v0n00-62983

Palavras-chave:

Alunos, Profissional, Produção, Universidades, Ensino

Resumo

O projeto “Orientação Profissional na Escola” que subsidia esta reflexão desenvolve atividades socioeducativas, visando contribuir para evitar a evasão dos alunos das Instituições de Ensino Públicas (IES) do país. As ações são pensadas como estratégias para estimular os alunos a ingressarem nessas instituições, resultando no aumento da força de trabalho capacitada e qualificada na região do Cariri, Ceará. Nesse sentido, foram realizadas intervenções em duas escolas públicas dessa região com a participação de 35 alunos. Os encontros ocorreram de forma síncrona, a cada 15 dias, com duração de até duas horas cada. O objetivo foi estimular os alunos a ingressarem em instituições de ensino superior, mostrando todos os benefícios oferecidos e o suporte que as IES oferecem em seus campi.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Larissa da Silva Miranda, Universidade Federal do Cariri

Graduanda em Ciências Contábeis pela Universidade Federal do Cariri, Ceará, Brasil; bolsista no projeto de extensão "Orientação Profissional na Escola".

Richard Mateus de Oliveira Nonato, Universidade Federal do Cariri

Graduando em Engenharia Civil na Universidade Federal do Cariri, Ceará, Brasil; bolsista no projeto de extensão "Orientação Profissional na Escola".

Milton Jarbas Rodrigues Chagas, Universidade Federal do Cariri

Doutor em Desenvolvimento Sustentável pela Universidade de Brasília, Brasil; professor adjunto III da Universidade Federal do Cariri, Ceará, Brasil; coordenador do projeto de extensão "Orientação Profissional na Escola".

Paulo Henrique Leal, Universidade Federal do Cariri

Doutorando em Ciências Contábeis na Universidade Federal de Pernambuco, Brasil; professor da Universidade Federal do Cariri, Ceará, Brasil; coordenador do projeto de extensão "Orientação Profissional na Escola".

Referências

BOHOSLAVSKY, R. Orientação vocacional: a estratégia clínica. Tradução de José M. V. Bojart. São Paulo: Martins Fontes, 1979.

BRASIL. [Consituição (1988)]. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília: Senado Federal, 1988.

CARVALHO, M. M. M. J. de. Orientação profissional em grupo: teoria e técnica. São Paulo: Editorial Psy II, 1995.

PAULA, A. da S. de; PESTANA, V. F. Orientação profissional em alunos de uma escola pública: análise de uma intervenção. Sinergia, São Paulo, v. 19, n. 2, 2018. Disponível em: https://ojs.ifsp.edu.br/index.php/sinergia/article/view/360. Acesso em: 15 maio 2021.

DIAS, M. S. L. et al. Extensão universitária em tempos de COVID-19: um relato de experiência no projeto TUTOR. Extensão & Sociedade, Natal, v. 12, n. 1, p. 247-255, 4 set. 2020. Doi: 10.21680/2178-6054.2020v12n1ID20977. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/extensaoesociedade/article/view/20977. Acesso em: 16 maio 2021.

FÓRUM DE PRÓ-REITORES DE EXTENSÃO DAS INSTITUIÇÕES PÚBLICAS DE EDUCAÇÃO SUPERIOR BRASILEIRAS (FORPROEX). Política Nacional de Extensão Universitária. Porto Alegre: UFRGS/Pró-Reitoria de Extensão, 2012.

NASCIMENTO, T.; FALCONERY, L; CAMPOS, I. Ensino fundamental: Ceará tem 4º maior recuo do abandono escolar do País em 10 anos. G1-CE, Fortaleza, 21 set. 2020. Disponível em:

https://g1.globo.com/ce/ceara/noticia/2020/09/21/ensino-fundamental-ceara-tem-4o-maior-recuo-do-abandono-escolar-do-pais-em-10-anos.ghtml. Disponível em: 20 jun. 2021.

LUCCHIARI, D. H. P. S. (org.) Pensando e vivendo a orientação profissional. 2. ed. São Paulo: Summus, 1993.

MÜLLER, M. Orientação vocacional: contribuições clínicas e educacionais. Tradução de Margot Fetzner. Porto Alegre: Artes Médicas, 1988.

PERRENOUD, P. Dez novas competências para ensinar. Tradução de Patrícia Chittoni Ramos. Porto Alegre: Artmed, 2000.

SOUZA, L. G. S. et al. Oficina de orientação profissional em uma escola pública: uma abordagem psicossocial. Psicol. Ciênc. Prof., Brasília, v. 29, n. 2, p. 416-427, 2009. Doi: 10.1590/S1414-98932009000200016. Disponível em: https://www.scielo.br/j/pcp/a/vD6yQ6dDMWCMP4t5HNd6yHy/abstract/?lang=pt. Acesso em: 20 jul. 2021.

Downloads

Publicado

2021-10-30

Como Citar

MIRANDA, L. da S. .; NONATO, R. M. de O. .; CHAGAS, M. J. R.; LEAL, P. H. Intervenções do projeto “Orientação Profissional na Escola” em contexto de pandemia: um relato de experiência . Revista Em Extensão, Uberlândia, MG, p. 229–239, 2021. DOI: 10.14393/REE-v0n00-62983. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revextensao/article/view/62983. Acesso em: 10 dez. 2022.