“Barraquímica”

um espaço para divulgação da ciência envolvendo experimentação em Química e a formação docente

Autores

  • Edemar Benedetti Filho Universidade Federal de São Carlos
  • Victor Dubas da Silva Universidade Federal de São Carlos https://orcid.org/0000-0001-9281-6290
  • Leonardo Cavanha Universidade Federal de São Carlos
  • Rafael Augusto Franco Universidade Federal de São Carlos

DOI:

https://doi.org/10.14393/REE-v19n22020-56349

Palavras-chave:

Divulgação científica, Formação docente, PIBID

Resumo

Este trabalho de extensão ilustra uma alternativa lúdica para a divulgação científica em ambiente escolar para um horário alternativo aos das disciplinas. A atividade foi aplicada a mais de 750 alunos do Ensino Médio e Fundamental de uma escola pública no interior do Estado de São Paulo que observaram a proposta, e esta consistia na realização de experimentos químicos em uma barraca no pátio da escola com o nome de “Barraquímica”. Os experimentos selecionados foram de fácil execução para poderem ser realizados no período de 10 minutos e abrir espaço para os questionamentos abordados no momento do intervalo. De acordo com os resultados obtidos a atividade apresentou uma grande aceitação pelos alunos e foi um fator importante para a formação acadêmica dos alunos graduandos do Curso de Licenciatura em Química.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edemar Benedetti Filho, Universidade Federal de São Carlos

Doutor em Química pela Universidade Federal de São Carlos, São Paulo, Brasil; professor adjunto IV na mesma instituição, Campus Sorocaba, Brasil.

Victor Dubas da Silva, Universidade Federal de São Carlos

Graduando em Química na Universidade Federal de São Carlos, Campus Sorocaba, São Paulo, Brasil; bolsista do programa de Residência Pedagógica (CAPES).

Leonardo Cavanha, Universidade Federal de São Carlos

Graduando em Química na Universidade Federal de São Carlos, Campus Sorocaba, São Paulo, Brasil; bolsista pelo Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID).

Rafael Augusto Franco, Universidade Federal de São Carlos

Graduando em Química na Universidade Federal de São Carlos, Campus Sorocaba, São Paulo, Brasil.

Referências

BALDUINO, V. A. P. et al. Quando a matemática e a química encontram o teatro: uma revolução pedagógica. Em Extensão, Uberlândia, v. 19, n. 1, p. 184-201, 2020. Doi: 10.14393/REE-v19n12020-50793.

BOGDAN, R.; BIKLEN, S. Investigação qualitativa em educação. Porto: Porto Editora, 2000.

BYBEE, R. W. Science education and the science-technology-society (STS) theme. Science Education, v. 71, n. 5, p. 667-683, 1987. Doi: 10.1002/sce.3730710504.

CANON, C. A. S.; PELEGRINELLI, G. Extensão universitária: o impacto de um projeto de extensão na formação profissional dos discentes na educação superior. Revista UFG, Goiânia, v. 19, n. 1, p. 1-15, 2019. Doi: 10.5216/revufg.v19.59799.

CARVALHO, A. M. P. Ensino de ciências e a proposição de sequências de ensino investigativas. In: CARVALHO, A. M. P. (org.). Ensino de ciências por investigação. São Paulo: Cengage Learning, 2013. p. 1-15.

COSTA, B. N. et al. Promoção de mostra científica para os educandos de uma escola municipal de Barreirinhas, Maranhão. Em Extensão, Uberlândia, v. 18, n. 2, p. 165-177, 2019. Doi: 10.14393/REE-v18n22019-48704.

DAPIEVE, D. F. S.; RODRIGUES, M. A. Visão de licenciandos em química sobre a divulgação científica como recurso didático no ensino de química. REnCiMA, São Paulo, v. 1, n. 4, p. 369-384, 2020. Doi: 10.26843/rencima.v11i4.1417.

FREITAS, H. et al. O método de pesquisa survey. Revista de Administração, São Paulo, v. 35, n.3, p. 105-112, 2000. Disponível em: http://www.ufrgs.br/gianti/files/artigos/2000/2000_092_RAUSP.PDF. Acesso em: 15 jul. 2020.

GONÇALVES, R. P. N.; GOI, M. E. J. Experimentação no ensino de química na educação básica: uma revisão de literatura. REDEQUIM, Recife, v. 6, n. 1, p. 136-152, 2020. Disponível em: http://www.journals.ufrpe.br/index.php/REDEQUIM/article/view/2627. Acesso em: 20 jul. 2020.

MARQUES, J. B. V.; FREITAS, D. Fatores de caracterização da educação não formal: uma revisão da literatura. Educação em Pesquisa, São Paulo, v. 43, n. 4, p. 1.087-1.110, 2017. Doi: 10.1590/s1517-9702201701151678.

MASSARANI, L.; MOREIRA, I. C. Science communication in Brazil: a historical review and considerations about the current situation. Anais da Academia Brasileira de Ciências, Rio de Janeiro, v. 88, n. 3, p. 1.577-1.595, 2016. Doi: 10.1590/0001-3765201620150338

OLIVEIRA, J. C. As ciências no paço de d. João. História, Ciências, Saúde-Manguinhos, Rio de Janeiro, v. 6, n. 1, p.1, 1999. Doi: 10.1590/S0104-59701999000200009.

PRODANOV, C. C.; FREITAS, E. C. Metodologia do trabalho científico: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. Novo Hamburgo: FEEVALE, 2013.

REIS, N. A.; MOREIRA, L. M.; SILVA, E. L. Teatro, experimentação e divulgação científica na educação básica: uma tríade possível para a alfabetização científica. REnCiMA, São Paulo v. 10, n. 1, p. 209-227, 2019. Doi: 10.26843/rencima.v10i1.1363.

STRACK, R.; LOGUERCIO, R. C.; PINO, J. C. Percepções de professores de ensino superior sobre a literatura de divulgação científica. Ciência e Educação, Bauru, v. 15, n. 4, p. 425-442, 2009. Doi: 10.1590/S1516-73132009000200012.

REIS, E. F.; SCHWARZER, C. H.; STROHSCHOEN, A. A. G. A experimentação no ensino de ciências: reações químicas no ensino fundamental. Educação Pública, v. 20, n. 9, p. 1, 2020. Disponível em: https://educacaopublica.cecierj.edu.br/artigos/20/9/a-experimentacao-no-ensino-de-ciencias-r-reacoes-quimicas-no-ensino-fundamental. Acesso em: 18 ago. 2020.

ZAMBONI, L. M. S. Cientistas, jornalistas e a divulgação científica: subjetividade e heterogeneidade no discurso da divulgação científica. Campinas-SP: Autores Associados, 2001.

Downloads

Publicado

2020-12-30

Como Citar

FILHO, E. B.; SILVA, V. D. da .; CAVANHA, L. .; FRANCO, R. A. “Barraquímica”: um espaço para divulgação da ciência envolvendo experimentação em Química e a formação docente. Revista Em Extensão, [S. l.], v. 19, n. 2, p. 208–221, 2020. DOI: 10.14393/REE-v19n22020-56349. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revextensao/article/view/56349. Acesso em: 14 ago. 2022.

Edição

Seção

Relatos de Experiência