Brinquedoteca comunitária

relato de uma experiência de extensão no contexto de um Centro de Referência em Assistência Social

Autores

  • Lauren Beltrão Gomes Universidade Regional de Blumenau
  • Cleide Gessele Universidade Regional de Blumenau
  • Victoria Raíssa Gelhardt Universidade Regional de Blumenau

DOI:

https://doi.org/10.14393/REE-v19n12020-52934

Palavras-chave:

Brinquedoteca, Infância, Relações familiares, Proteção social, Inclusão social

Resumo

Trata-se do relato de uma experiência de extensão da Universidade Regional de Blumenau, com parceria da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social. Busca-se discutir possibilidades e desafios da extensão universitária em dispositivos do Sistema Único de Assistência Social (SUAS). As atividades ocorreram num Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) e tiveram como principal meta promover o fortalecimento de vínculos familiares e comunitários por meio da estruturação e consolidação de uma brinquedoteca comunitária. Ancoradas nas teorias de Winnicott sobre desenvolvimento emocional e sobre a importância do brincar no desenvolvimento infantil, as ações envolveram alunos de graduação e bolsistas de extensão dos cursos de Psicologia e Serviço Social, além de docentes e dos profissionais do CRAS. Além de reuniões quinzenais entre os integrantes do projeto, foram realizadas cinco reuniões envolvendo a equipe do CRAS e cinco oficinas para familiares e crianças de até um mês de idade, bem como o evento I Jornada SUAS, do qual participaram profissionais do SUAS atuantes em municípios do alto Vale do Itajaí, acadêmicos e comunidade em geral. Algumas dificuldades enfrentadas durante a execução do projeto são discutidas, e são trazidas sugestões para projetos de brinquedotecas comunitárias em dispositivos da assistência social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lauren Beltrão Gomes, Universidade Regional de Blumenau

Doutora em Psicologia pela Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil, com período sanduíche na Université du Québec à Montréal, Canadá; professora na Universidade Regional de Blumenau, Santa Catarina, Brasil.

Cleide Gessele, Universidade Regional de Blumenau

Doutora em Serviço Social pela Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil; professora na Universidade Regional de Blumenau, Santa Catarina, Brasil.

Victoria Raíssa Gelhardt , Universidade Regional de Blumenau

Graduanda em Psicologia na Universidade Regional de Blumenau, Santa Catarina, Brasil.

Referências

BRASIL. Ministério de Estado do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Orientações técnicas sobre o serviço de convivência e fortalecimento de vínculos para crianças e adolescentes de 0 a 6 anos. Brasília: MDS, 2010.

BRASIL. Tipificação nacional dos serviços socioassistenciais. Brasília: MDS, 2014.

BERNARDI, D. Reflexões acerca do brincar e seu lugar no infantil. Rev. Bras. Psicoter. Porto Alegre, v. 18, n. 1, p. 82-92, 2016.

EMÍDIO, L. M. S. Brinquedoteca: um espaço onde o lúdico se integra a aprendizagem. 2013. Monografia (Graduação em Pedagogia) – Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2013.

JURDI, A. P. S.; AMIRALIAN, M. L. T. M. Ética do cuidado: a brinquedoteca como espaço de atenção a crianças em situação de vulnerabilidade. Interface, Botucatu, v. 17, n. 45, p. 275-286, 2013. Doi: 10.1590/S1414-32832013005000009.

KISHIMOTO, Ti. M. A brinquedoteca no contexto educativo brasileiro e internacional. In: OLIVEIRA, V. B. (org.). Brinquedoteca: uma visão internacional. Tradução de Ricardo Smith e Priscila Pesce. Petrópolis: Vozes, 2011. p. 15-35

NAVES, E. T. Fazer-saber: reflexões sobre a função acadêmica da extensão universitária. Em Extensão, Uberlândia, v. 14, n. 1, p. 9-29, 2015. Doi: 10.14393/REE-v14n12015_art01.

SEKKEL, M. C. O brincar e a invenção do mundo em Walter Benjamin e Donald Winnicott. Psicol. USP, São Paulo, v. 27, n. 1, p. 86-95, jan-jun. 2016. Doi: 10.1590/0103-656420140016.

SOUZA, Â. M.; PEREIRA, N. F. F. Escrevendo os caminhos da extensão universitária na UNILA. Revista Brasileira de Extensão Universitária, v. 6, n. 2, p. 77-85, jul.-dez. 2015. Doi: 10.36661/2358-0399.2015v6i2.2062.

WINNICOTT, D. O brincar: uma exposição teórica. In: WINNICOTT, D. O brincar e a realidade. Tradução de José Octavio de Aguiar Abreu e Vanede Nobre. Rio de Janeiro: Imago, 1975. p. 59-77.

WINNICOTT, D. A família e o desenvolvimento individual. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

WINNICOTT, D. O conceito de indivíduo saudável. In: WINNICOTT, D. Tudo começa em casa. São Paulo: Martins Fontes, 2011. p. 3-22.

Downloads

Publicado

2020-06-05

Como Citar

GOMES, L. B.; GESSELE, C.; GELHARDT , V. R. Brinquedoteca comunitária: relato de uma experiência de extensão no contexto de um Centro de Referência em Assistência Social . Revista Em Extensão, [S. l.], v. 19, n. 1, p. 87–97, 2020. DOI: 10.14393/REE-v19n12020-52934. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revextensao/article/view/52934. Acesso em: 17 maio. 2022.

Edição

Seção

Relatos de Experiência