ATIVIDADES DE EXTENSÃO EM LOCAIS DE EDUCAÇÃO NÃO FORMAL PARA ENRIQUECER A FORMAÇÃO DOS LICENCIANDOS EM FÍSICA

Autores

  • Micaías Andrade Rodrigues Universidade Federal do Piauí

DOI:

https://doi.org/10.14393/REE-v13n12014_rel03

Palavras-chave:

Ensino de Ciências. Ensino de Física. Estágio Supervisionado. Curso de extensão. Oficinas Pedagógicas.

Resumo

Este texto apresenta os resultados de um curso de extensão ministrado por estudantes matriculados na disciplina Estágio Supervisionado em Física III, da Universidade Federal do Piauí (UFPI), e que consistiu em oficinas pedagógicas planejadas e oferecidas a alunos do Ensino Fundamental que frequentam um grupo de adolescentes em uma igreja. A escolha do público deu-se devido ao fato de não existir local de educação não formal institucionalizado em que os licenciandos em Física da UFPI possam realizar atividades de ensino. Os resultados mostraram que atividades simples, realizadas com material acessível e de forma diferenciada do padrão comum das aulas de Física e Astronomia (matematização, imensas listas de exercícios, repetição e pouca realidade) podem gerar um grande interesse pela disciplina tanto nos alunos como nos próprios professores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Micaías Andrade Rodrigues, Universidade Federal do Piauí

MsC Micaias Andrade Rodrigues Professor Assistente II Departamento de Métodos e Técnicas de Ensino do Centro de Ciências da educação da Universidade Federal do Piauí

Downloads

Publicado

10-07-2014

Como Citar

RODRIGUES, M. A. ATIVIDADES DE EXTENSÃO EM LOCAIS DE EDUCAÇÃO NÃO FORMAL PARA ENRIQUECER A FORMAÇÃO DOS LICENCIANDOS EM FÍSICA. Revista Em Extensão, Uberlândia, v. 13, n. 1, p. 35–50, 2014. DOI: 10.14393/REE-v13n12014_rel03. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revextensao/article/view/23232. Acesso em: 27 maio. 2024.

Edição

Seção

Relatos de Experiência