Tutoria pedagógica na formação docente a distância

Autores

  • Sonia Aparecida Silva Gonçalves

DOI:

https://doi.org/10.14393/REE-v11n12012-20723

Palavras-chave:

projeto Veredas, profissionalidade, autonomia docente.

Resumo

Nas últimas décadas do século passado, a formação de professores se tornou central no debate sobre a qualidade da educação. Movimentos de pressão social obrigaram a uma busca de alternativas para suprir demandas de formação em nível inicial onde as opções são a Escola Normal e o Magistério. Umas dessas alternativas é o projeto Veredas, destinado a professores de Minas Gerais. Este texto relata uma experiência de tutoria nesse projeto numa perspectiva que articula analiticamente essa formação com questões centrais que se impõe ao professor hoje, tais como a relação entre profissionalismo e profissionalidade e a autonomia docente. Unitermos: projeto Veredas, profissionalidade, autonomia docente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sonia Aparecida Silva Gonçalves

Pedagoga pela UFU, em 1977. Mestra em Ciências e Valores Humanos, pela Uniube, em 2002 e Mestra em Educação, pela Uniube, em 2007. Atuação na ESEBA de 1981 a 2002 como Docente na função de Orientadora Educacional e desenvolvi Projetos SocioEducativos para adolescentes. Atuação na Uniminas, de 2002 a 2009 como Docente no Curso de Pedagogia e Coordenadora de Curso. Atuação como Tutora nos Projetos Procap e Veredas desenvolvidos pela UFU no período de 2000 a 2007.

Downloads

Publicado

2012-08-09

Como Citar

SILVA GONÇALVES, S. A. Tutoria pedagógica na formação docente a distância. Revista Em Extensão, Uberlândia, MG, v. 11, n. 1, 2012. DOI: 10.14393/REE-v11n12012-20723. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revextensao/article/view/20723. Acesso em: 4 dez. 2022.

Edição

Seção

Relatos de Experiência