Submissões

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em \\"Comentários ao editor\\".
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  • URLs para as referências foram informadas quando possível. Quando o artigo tem DOI ele é prioritário.
  • O texto está em espaço 1,5; usa uma fonte de 12-pontos; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto no lugar apropriado.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.
  • Em caso de submissão a uma seção com avaliação pelos pares (ex.: artigos), as instruções disponíveis em Assegurando a avaliação pelos pares cega foram seguidas.
  • Título e complemento (quando houver) é necessário que seja escrito somente com a inicial e nomes próprios iniciando com letra maiúscula

Diretrizes para Autores

Preparação dos manuscritos

O manuscrito a ser submetido à revista Perspectivas em Psicologia não pode ter sido publicado em outro veículo de divulgação (revista, livro, etc.) e não pode ser simultaneamente submetido ou publicado em outro lugar.

O manuscrito deve vir no template da revista. Dentre as referências do manuscrito deve-se incluir pelo menos um (1) artigo da Revista Perspectivas em Psicologia dos últimos 5 anos. O manuscrito deve ter pelo menos 70% das referências dos últimos 5 anos.

Todas as submissões de manuscritos devem seguir as Normas de Publicação da APA: Publication Manual of the American Psychological Association (6ª edição da APA, publicada em 2010), no que diz respeito ao estilo de apresentação do manuscrito e aos aspectos éticos inerentes à realização de um trabalho científico.

Para o início do processo editorial, a cópia do parecer do Comitê de Ética em Pesquisa, quando pertinente, deverá ser encaminhada juntamente com a submissão do manuscrito.

Como a revisão dos manuscritos é cega quanto à identidade dos autores, é responsabilidade destes a verificação de que não há elementos capazes de identificá-los em qualquer outra parte do manuscrito, inclusive nas propriedades do arquivo. O e-mail com os dados dos autores não será encaminhado aos consultores ad hoc.

Apresentação dos Manuscritos

Os manuscritos devem ser apresentados em formato doc e não exceder o número máximo de páginas (iniciando no Resumo como página 1) indicado para cada tipo de manuscrito (incluindo Resumo, Abstract, Figuras, Tabelas, Anexos e Referências, além do corpo do texto), que seriam:

Artigos (10-25 páginas): relatos de pesquisas originais, baseadas em investigações científicas. Também serão aceitos, porém em número restrito, artigos teóricos com um corpo abrangente de investigação, relativa a assuntos de interesse para o desenvolvimento da Psicologia, preferencialmente numa área de pesquisa para a qual o(a) autor(a) contribui.

Relatos de Experiência (10 a 25 páginas): relatos de caso, situação da prática profissional de interesse  para a atuação profissional discutindo estratégias de intervenção e avaliação da eficácia.

 

Diretrizes Gerais

Aceitamos contribuições de até 6 autores.

Papel: Tamanho A4 (21 x 29,7cm). O manuscrito, sendo um artigo, ao todo não deve passar do número de páginas para cada tipo de manuscrito, desde o Resumo até as Referências, incluindo as Tabelas, Figuras e Anexos.

Fonte: Times New Roman, tamanho 12, ao longo de todo o texto, incluindo Referências, Notas de Rodapé, Tabelas, etc.

Margens: 2,5 cm em todos os lados (superior, inferior, esquerda e direita).

Espaçamento: espaço 1,5 ao longo de todo o manuscrito, incluindo Folha de Rosto, Resumo, Corpo do Texto, Referências, etc.

Alinhamento: justificado

Recuo da primeira linha do parágrafo: tab = 1,25cm

Numeração das páginas: no canto direito embaixo.

Cabeçalho de página: conforme template 

 

DECLARAÇÃO DE RESPONSABILIDADE - assinado por todos os autores e em pdf, informando a originalidade do artigo e responsabilidade de todos os autores.

Página de rosto com título, subtítulo e informações sobre os autores como aparecerão na publicação

Endereços da Internet: Todos os endereços "URL" (links para a internet) no texto (ex.: http://pkp.sfu.ca) deverão estar ativos.

Ordem dos elementos do manuscrito: Título (português e inglês). Resumo, palavras-chave e Abstract, Keywords, Corpo do Texto, Referências, Anexos, Notas de Rodapé, Tabelas e Figuras. Eles devem vir seguidos com 1 (um) espaço antes do subtítulo.

Elementos do manuscrito:

Folha de rosto sem identificação: título em português (máximo 15 palavras, maiúsculas e minúsculas, centralizado) e o título em inglês compatível com o título em português.

Resumos em português e inglês: Parágrafos com no máximo 120 palavras (artigos),  com o título Resumo escrito justificado na primeira linha abaixo do cabeçalho. Ao fim do resumo, listar pelo menos três e no máximo cinco palavras-chave em português (em letras minúsculas e separadas por ponto e vírgula), devem constar na  Terminologia em Psicologia, da Biblioteca Virtual em Saúde - Psicologia. O resumo em inglês (Abstract), que deve ser fiel ao resumo em português, porém, não uma tradução "literal" do mesmo. Ou seja, a tradução deve preservar o conteúdo do resumo, mas também adaptar-se ao estilo gramatical inglês. O Abstract deve ser seguido das keywords (versão em inglês das palavras-chave).

Corpo do Texto: deve-se iniciar após o abstratct. As subseções do corpo do texto não começam cada uma em uma nova página e seus títulos devem estar justificados, e ter a primeira letra de cada palavra em letra maiúscula (por exemplo, Resultados, Método e Discussão, em artigos empíricos). Os subtítulos das subseções devem estar em negrito e ter a primeira letra de cada palavra em letra maiúscula (por exemplo, os subtítulos da subseção Método: Participantes, ou Análise dos Dados).

As palavras Figura, Tabela, Anexo que aparecerem no texto devem ser escritas com a primeira letra em maiúscula e acompanhadas do número (Figuras e Tabelas) ou letra (Anexos) ao qual se referem. Elas devem vir no texto no lugar sugerido para elas.

Sublinhados, Itálicos e Negritos: Sublinhe palavras ou expressões que devam ser enfatizadas no texto impresso, por exemplo, "estrangeirismos", como self, locus, etc e palavras que deseje grifar. 

Dê sempre crédito aos autores e às datas de publicação de todos os estudos referidos. Todos os nomes de autores cujos trabalhos forem citados devem ser seguidos da data de publicação. Todos os estudos citados no texto devem ser listados na seção de Referências.

Exemplos de citações no corpo do manuscrito:

Citação de artigo de autoria múltipla:

Artigo com dois autores: cite os dois nomes sempre que o artigo for referido:

Rogers e Zappulla (2006) fizeram a análise...

Esta análise (Rogers & Zappulla, 2006)...

Artigo com três a cinco autores: cite todos os autores só na primeira citação e nas seguintes cite o primeiro autor seguido de et al. (sem sublinhar e com um ponto após al) e o ano se for a primeira citação da referência naquele parágrafo:

Wasserstein, Zappulla, Rosen, Gerstman, e Rock (1994) constataram ... [primeira citação do texto]

Wasserstein et al. (1994) constataram [subseqüente primeira citação por parágrafo]

Artigo com seis ou mais autores: cite no texto apenas o sobrenome do primeiro autor, seguido de "et al." e da data.

Na seção de Referências todos os nomes dos autores deverão ser relacionados.

Citações de obras antigas e reeditadas

De fato, Skinner (1963/1975)

...na explicação do comportamento (Skinner, 1963/1975).

Na seção de referências, citar

Skinner, B. F. (1975). Contingências de reforço. São Paulo: Abril Cultural. (Original published in 1963)

Importante: Citações com menos de 40 palavras devem ser incorporadas no parágrafo do texto, entre aspas. Citações com mais de 40 palavras devem aparecer sem aspas em um parágrafo no formato de bloco, com cada linha recuada 5 espaços da margem esquerda. Citações com mais de 500 palavras, reprodução de uma ou mais figuras, tabelas ou outras ilustrações devem ter permissão escrita do detentor dos direitos autorais do trabalho original para a reprodução. A permissão deve ser endereçada ao autor do trabalho submetido. Os direitos obtidos secundariamente não serão repassados em nenhuma circunstância. A citação direta deve ser exata, mesmo se houver erros no original. Se isso acontecer e correr o risco de confundir o leitor, acrescente a palavra [sic], sublinhado e entre colchetes, logo após o erro. Omissão de material de uma fonte original deve ser indicada por três pontos (...). A inserção de material, tais como comentários ou observações devem ser feitos entre colchetes. A ênfase numa ou mais palavras deve ser feita com fonte sublinhada, seguida de [grifo nosso].

Atenção: Não use os termos apud, op. cit, id. ibidem, e outros. Eles não fazem parte das normas da APA (6ª edição).

Referências:

Inicie após as considerações finais ou conclusões a seção de Referências, com este título justificado na primeira linha abaixo do cabeçalho. Apenas as obras consultadas e mencionadas no texto devem aparecer nesta seção. Use espaço 1,5 e não deixe um espaço extra entre as citações. As referências devem ser citadas em ordem alfabética pelo sobrenome dos autores, de acordo com as normas da APA (veja alguns exemplos abaixo). Utilize o Publication Manual of the American Psychological Association (2010, 6ª edição) para verificar as normas não mencionadas aqui.

Em casos de referência a múltiplos estudos do(a) mesmo(a)autor(a), utilize ordem cronológica, ou seja, do estudo mais antigo ao mais recente. Nomes de autores não devem ser substituídos por travessões ou traços.

Exemplos de referências:

Artigo de revista científica

Campos de Carvalho, A. M. (1997). O desenvolvimento social da criança e seus contextos de emergência. Temas em Psicologia, 3, 27-31.

Artigo de revista científica paginada por fascículo

Proceder de acordo com o indicado acima, e incluir o número do fascículo entre parênteses, sem sublinhar, após o número do volume.

Artigo de revista científica editada apenas em formato eletrônico

Silva, S. C. da (2006, February). Estágios de Núcleo Básico na formação do psicólogo experiências de desafios e conquistas. Psicologia para América Latina, 5, 2006, Retrieved in May 12, 2006, from http://scielo.bvs-psi.org.br

Livros

Koller, S. H. (2004). Ecologia do desenvolvimento humano: Pesquisa e intervenção. São Paulo: Casa do Psicólogo.

Capítulo de livro

Dell'Aglio, D. D., & Deretti, L. (2005). Estratégias de coping em situações de violência no desenvolvimento de crianças e adolescentes. In C. S. Hutz (Ed.), Violência e risco na infância e adolescência: pesquisa e intervenção (pp. 147-171). Säo Paulo: Casa do Psicólogo.

Obra antiga e reeditada em data muito posterior

Bronfenbrenner, U. (1996). A ecologia do desenvolvimento humano: experimentos naturais e planejados. Porto Alegre: Artes Médicas. (Original published in 1979).

Autoria institucional

American Psychiatric Association (1988). DSM-III-R, Diagnostic and statistical manual of mental disorder (3a ed. revisada). Washington, DC: Autor.

Anexos: Evite. Somente devem ser incluídos se contiverem informações consideradas indispensáveis, como testes não publicados ou descrição de equipamentos ou materiais complexos. Os Anexos devem ser apresentados cada um em uma nova página. Os Anexos devem ser indicados no texto e apresentados no final do manuscrito, identificados pelas letras do alfabeto em maiúsculas (A, B, C, e assim por diante), se forem mais de um.

Notas de rodapé: Devem ser evitadas sempre que possível. No entanto, se não houver outra possibilidade, devem ser indicadas por algarismos arábicos no texto e apresentadas após os Anexos. O título (Notas de Rodapé) aparece centralizado na primeira linha abaixo do cabeçalho. Recue a primeira linha de cada nota de rodapé em 1,25cm e numere-as conforme as respectivas indicações no texto.

Tabelas: Devem ser elaboradas em Word (.doc) ou Excel. No caso de apresentações gráficas de tabelas, use preferencialmente colunas, evitando outras formas de apresentação como pizza, etc. Nestas apresentações evite usar cores. A palavra Tabela é alinhada à esquerda na primeira linha abaixo do cabeçalho e seguida do número correspondente à tabela e na mesma linha digite o título da tabela à esquerda, em negrito e sem ponto final, sendo a primeira letra de cada palavra em maiúsculo. Não devem exceder 17,5 cm de largura por 23,5 cm de comprimento.

Figuras: Devem ser do tipo de arquivo JPG. Não devem exceder 17,5 cm de largura por 23,5 cm de comprimento. A palavra Figura é alinhada à esquerda na primeira linha abaixo do cabeçalho e seguida do número correspondente à figura, na mesma linha digite o título da figura à esquerda, em negrito e sem ponto final, sendo a primeira letra de cada palavra em maiúsculo.

As palavras Figura, Tabela e Anexo que aparecerem no texto devem, sempre, ser escritas com a primeira letra em maiúscula e devem vir acompanhadas do número (para Figuras e Tabelas) ou letra (para Anexos) respectivo ao qual se referem. A utilização de expressões como "a Tabela acima" ou "a Figura abaixo" não devem ser utilizadas, porque no processo de editoração a localização das mesmas pode ser alterada. As normas da APA (2010, 6ª edição) não incluem a denominação de Quadros ou Gráficos, apenas Tabelas e Figuras.

Artigos

Política padrão de seção

Pulica Artigos (10-25 páginas): relatos de pesquisas originais, baseadas em investigações sistemáticas e completas. Também serão aceitos, porém em número restrito, artigos teóricos ou de revisão com análise crítica e oportuna de um corpo abrangente de investigação, relativa a assuntos de interesse para o desenvolvimento da Psicologia, preferencialmente numa área de pesquisa para a qual o(a) autor(a) contribui.

Resenhas

Política padrão de seção.

Publica Resenhas de (2-4 páginas): revisão crítica de obra recém publicada, orientando o(a) leitor(a) quanto as suas características e usos potenciais. Autores devem consultar a Editora Geral antes de submeter resenhas ao processo editorial.

Dossiê

Chamada – Dossiê Temático: Implicações da pandemia da COVID-19 para a atuação da Psicologia

Prezados/as

A pandemia da COVID-19 instaurada no ano de 2020 interferiu e tem interferido significativamente na saúde mental das pessoas em níveis individual e comunitário. No Brasil, as políticas públicas adotadas por municípios, estados e governo federal para a contenção da pandemia interferiram nas formas de oferta de cuidado em saúde, bem como nos aspectos sociais, econômicos e culturais da população. Inúmeros debates foram/são realizados em função das medidas adotadas para prevenção de novas infecções, bem como da vacinação de adultos, jovens e crianças. Essas medidas possuem impactos econômicos, sociais, emocionais e culturais que devem ser refletidos de maneira crítica. Assim, em um contexto ainda de trânsito pela pandemia, é oportuno discutir as implicações da pandemia para a atuação em Psicologia.

A partir de um olhar interseccional, mostra-se necessário debater e analisar de forma crítica e reflexiva de que forma o contexto sociopolítico e as ações governamentais podem ter interferido nas condições de saúde mental das pessoas e como a Psicologia tem atuado nesse cenário. Esse dossiê temático busca compreender como têm sido observadas e refletidas as vivências dos sujeitos no contexto de enfrentamento da pandemia.

Diante da situação e considerando a pertinência de colaborar com a produção do conhecimento na área, a Revista Perspectivas em Psicologia da Universidade Federal de Uberlândia abre chamada para artigos que possam compor este Dossiê temático. Convidamos, portanto, pesquisadores e profissionais da área a submeter, até o dia 02 de maio de 2022, manuscritos relacionados ao tema proposto, respeitando as normas de edição da revista. Poderão ser aceitos artigos de pesquisa, artigos teóricos e relatos de experiência desde que estejam rigorosamente fundamentados e dentro dos padrões exigidos e esperados de uma publicação científica, com atenção aos aspectos éticos no caso de pesquisas envolvendo seres humanos.



As submissões poderão ser realizadas on-line por meio do endereço: https://seer.ufu.br/index.php/perspectivasempsicologia/about/submissions,

Em caso de dificuldades técnicas, por favor, entre em contato conosco pelo e-mail: rossatousp@usp.br ou perspectivasempsicologia@gmail.com

Por fim, solicitamos a divulgação desta mensagem e agradecemos o apoio a este importante dossiê.

Cordialmente,



Organizadores

Me. Lucas Rossato (USP)

Dr. Fabio Scorsolini-Comin (USP)

Dra. Marciana Gonçalves Farinha (UFU).

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.