APROXIMAÇÃO COMPARATIVA SOBRE O PAPEL DO CIDADÃO EM DIFERENTES PARADIGMAS DE CIDADES

Autores

  • Felipe Chibás Ortiz Centro de Estudos de Avaliação e Mensuração em Comunicação e Marketing(CEACOM)da Universidade de São Paulo (USP)
  • Grazielle Anjos Carvalho CEO: Instituto Smart Citizen
  • Elivelton da Silva Fonseca Instituto de Geografia, Universidade Federal de Uberlândia
  • Samuel do Carmo Lima Laboratório de Geografia Médica, Instituto de Geografia, Universidade Federal de Uberlândia

DOI:

https://doi.org/10.14393/Hygeia1858788

Palavras-chave:

Cidades MIL, UNESCO, Quadro de Cidades, COVID-19, Cidadania

Resumo

O presente trabalho tem por objetivo principal realizar uma aproximação comparativa de diferentes tipos de cidadãos constituídos em distintos framework ou paradigmas de cidade, implementados em distintos espaços urbanos. Para isso foi utilizada a metodologia teórico-prática e comparativa, que incluiu levantamento bibliográfico, virtual e sitiográfico. Foram reelaborados dois quadros descritivos e comparativos, que reúnem os principais dados de seis framework de cidades e seis tipos de cidadãos a eles correspondentes. Os paradigmas, frameworks de cidades mais citados e debatidos atualmente, que estabelecem sintonia com os 17 Objetivos do Desenvolvimento propostos pela ONU para 2031, são os mais pertinentes para o enfrentamento da atual situação de pandemia provocada pelo COVID-19. Nas considerações finais pondera-se a respeito de quando utilizar cada framework de cidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elivelton da Silva Fonseca, Instituto de Geografia, Universidade Federal de Uberlândia

 

Downloads

Publicado

2022-03-05

Como Citar

CHIBÁS ORTIZ, F.; ANJOS CARVALHO, G. .; FONSECA, E. da S.; DO CARMO LIMA, S. APROXIMAÇÃO COMPARATIVA SOBRE O PAPEL DO CIDADÃO EM DIFERENTES PARADIGMAS DE CIDADES. Hygeia - Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde, [S. l.], v. 18, p. 1–13, 2022. DOI: 10.14393/Hygeia1858788. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/hygeia/article/view/58788. Acesso em: 11 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos