DIFUSÃO ESPACIAL DA COVID-19 NO ESPÍRITO SANTO: UMA ABORDAGEM INICIAL

Autores

  • Rafael de Castro Catao Doutor em Geografia, Docente do Curso de Geografia - UFES
  • Flora Antonia Soares Ribeiro Discente do curso de Geografia - UFES
  • Cheylla da Penha Carli de Castro Veltem Discente do curso de Geografia - UFES
  • Marcone Henrique de Freitas Discente de Mestrado em Geografia PPGG-UFES
  • Felipe Cunha Chrisóstomo Discente de Mestrado em Geografia PPGG-UFES Docente do IFES – Campus de Montanha

DOI:

https://doi.org/10.14393/Hygeia0054639

Palavras-chave:

Difusão espacial, COVID-19, Espírito Santo

Resumo

Compreender a difusão espacial da COVID-19 no território do Espírito Santo se faz necessário para pensar as estruturas de saúde e as redes de serviços que serão mobilizadas para o enfrentamento da doença. Assim com os fluxos que percorrem o estado e estruturam em rede de municípios. A partir dos dados disponíveis no Painel COVID-19 do Estado do Espírito Santo, elaboramos uma análise em duas escalas, uma regional e uma do espaço urbano, para compreender a difusão espacial e a distribuição dessa doença. Foram elaborados mapas de difusão espacial e sobreposto às informações espaciais da doença. Verificamos que a difusão se inicia pela Região Metropolitana da Grande Vitória - RMGV e se difunde na rede urbana, mobilizando as capitais regionais mais distantes além dos municípios contíguos. O processo de interiorização em curso é observado, mas ainda há uma grande concentração dos casos na RMGV. Na escala do espaço urbano verificamos o processo de periferização com um aumento de letalidade nas áreas mais periféricas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

24-06-2020

Como Citar

CATAO, R. de C.; RIBEIRO, F. A. S.; VELTEM, C. da P. C. de C. .; FREITAS, M. H. de .; CHRISÓSTOMO, F. C. . DIFUSÃO ESPACIAL DA COVID-19 NO ESPÍRITO SANTO: UMA ABORDAGEM INICIAL . Hygeia - Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde, [S. l.], p. 349–360, 2020. DOI: 10.14393/Hygeia0054639. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/hygeia/article/view/54639. Acesso em: 7 dez. 2022.

Edição

Seção

Edição Especial: Dossiê COVID-19