FASE INICIAL DA PANDEMIA DA COVID-19 EM MATO GROSSO: DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL E AVALIAÇÃO

Autores

  • Diogo Marcelo Delben Ferreira de Lima Doutorando em Geografia (USP) Departamento de Geografia, Universidade Federal de Mato Grosso
  • Marcia Alves Soares da Silva Doutora, Departamento de Geografia Universidade Federal de Mato Grosso
  • Emerson Soares dos Santos Doutor, Departamento de Geografia Programas de Pós-Graduação em Geografia e Saúde Coletiva, Universidade Federal de Mato Grosso

DOI:

https://doi.org/10.14393/Hygeia0054634

Palavras-chave:

Organização Regional, Serviço de Saúde, Isolamento social

Resumo

Este estudo visa a apresentar a situação da fase inicial da pandemia da COVID-19 em Mato Grosso e avaliar a atuação do poder público. Trata-se de estudo retrospectivo descritivo em que são utilizados dados secundários obtidos em diversas fontes oficiais. Mato Grosso apresentava até o início do mês de maio de 2020 ritmo lento de crescimento do número de casos da COVID-19. A doença se concentrava nas cidades-polo e com pouca dispersão para as cidades vizinhas. O estado apresenta razoável estrutura hospitalar, porém com graves discrepâncias regionais. O conhecimento sobre a disseminação da COVID-19 mostra que as medidas de isolamento e distanciamento social foram importantes para frear o rápido crescimento da pandemia e que outras estratégias de combate à pandemia devem estar apoiadas em pesquisas acadêmicas e científicas e em levantamentos, análises e planos de atuação dos governos com a participação de atores sociais e da população. Acreditamos que, com a flexibilização das medidas de isolamento e intensificação dos fluxos entre as cidades do estado, a rede urbana terá papel fundamental na difusão espacial da doença e disseminação do vírus. Dessa maneira, as teorias e técnicas geográficas de análise urbano-regional serão imprescindíveis para melhor entendimento e elaboração de estratégias para contenção da COVID-19.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-06-23

Como Citar

DE LIMA, D. M. D. F. .; SILVA, M. A. S. da; SANTOS, E. S. dos . FASE INICIAL DA PANDEMIA DA COVID-19 EM MATO GROSSO: DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL E AVALIAÇÃO. Hygeia - Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde, [S. l.], p. 312–320, 2020. DOI: 10.14393/Hygeia0054634. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/hygeia/article/view/54634. Acesso em: 15 ago. 2022.

Edição

Seção

Edição Especial: Dossiê COVID-19