A DIFUSÃO ESPACIAL DA COVID-19 NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

Autores

  • Jefferson Pereira Caldas dos Santos Centro de Inovação em Biodiversidade e Saúde - Farmanguinhos/Fiocruz https://orcid.org/0000-0001-9780-9911
  • Heitor Levy Ferreira Praça Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, Brasil https://orcid.org/0000-0002-5531-2832
  • Leandro Vouga Pereira Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, Brasil
  • Hermano Gomes Albuquerque Instituto Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, Brasil. https://orcid.org/0000-0002-8883-2789
  • Alexandre San Pedro Siqueira Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, Brasil https://orcid.org/0000-0002-0326-6053

DOI:

https://doi.org/10.14393/Hygeia0054624

Palavras-chave:

Covid-19, Difusão, Rio de Janeiro

Resumo

Objetivo: caracterizar o processo de difusão espacial da Covid-19 pelos municípios do Estado do Rio de Janeiro. Método: Para análise da difusão espacial dos primeiros casos confirmados de Covid-19 segundo municípios do estado foi utilizada a metodologia de interpolação pelo IDW. Resultados: Foram identificados três eixos principais de difusão no Estado do Rio de Janeiro, todos partindo da Região metropolitana. O primeiro eixo segue em direção a São Paulo pela via Dutra promovendo a difusão pelo Vale do Paraíba. O segundo eixo segue em direção ao Espírito Santo pela BR-101. O terceiro eixo segue em direção a região da cidade de Juiz de Fora em Minas Gerais pela BR-040.Conclusão: A caracterização da difusão da Covid-19 no estado do Rio de Janeiro demostrou seu processo de espalhamento tanto por saltos (seguindo a hierarquia urbana) quanto por contágio uma vez instalada nos novos centros de difusão. A interiorização da difusão impõe a urgente tomada de ações articuladas e solidárias considerando que as políticas de saúde para contenção da Covid-19 se baseiam majoritariamente em medidas não farmacológicas e que a capacidade médico-hospitalar dos municípios de médio e pequeno porte que se encontram nessa rota de difusão é limitada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-06-20

Como Citar

PEREIRA CALDAS DOS SANTOS, J.; LEVY FERREIRA PRAÇA, H.; VOUGA PEREIRA , L. .; GOMES ALBUQUERQUE , H. .; SAN PEDRO SIQUEIRA, A. A DIFUSÃO ESPACIAL DA COVID-19 NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. Hygeia - Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde, [S. l.], p. 263–273, 2020. DOI: 10.14393/Hygeia0054624. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/hygeia/article/view/54624. Acesso em: 15 ago. 2022.

Edição

Seção

Edição Especial: Dossiê COVID-19