EQUIDADE, JUSTIÇA SOCIAL E CULTURA DE PAZ EM TEMPOS DE PANDEMIA: UM OLHAR SOBRE A VULNERABILIDADE MUNICIPAL E A COVID-19

Autores

  • Eunir Augusto Reis Gonzaga Doutorando em Geografia. Instituto de Geografia Universidade Federal de Uberlândia
  • Isabella do Carmo Lacerda Graduanda em Engenharia Ambiental / Universidade Federal de Uberlândia
  • Tuila Tachikawa de Jesus Graduanda em Jornalismo / Universidade Federal de Uberlândia
  • Samuel do Carmo Lima Doutor em Geografia. Instituto de Geografia Universidade Federal de Uberlândia

DOI:

https://doi.org/10.14393/Hygeia0054569

Palavras-chave:

Covid-19, Planejamento Urbano, Sustentabilidade, Vulnerabilidade

Resumo

Quando surge um novo vírus, com potencial pandêmico, comumente ocorre a partir do contato dos seres humanos com animais silvestres portadores. Nestes casos, o organismo humano não possui mecanismos para combater essa nova infecção, por não ter imunidade natural. Assim, devido à possibilidade de uma alta taxa de transmissão, pesquisadores em todo o mundo buscam estratégias que sejam eficazes contra quaisquer vírus da gripe. Neste artigo, o olhar científico foi direcionado à gestão pública municipal, sendo pertinente compreender de que forma as cidades minimizam a vulnerabilidade das pessoas em seus territórios e, a partir de suas ações, compreender como as medidas tomadas pelo poder público estão contribuindo para o enfrentamento da pandemia gerada pela doença Covid-19. Realizou-se, portanto, um estudo sobre o plano de contingenciamento brasileiro para infecção humana pelo novo coronavírus e, a partir deste, buscou-se compreender quais medidas podem contribuir para a equidade, a justiça social e a cultura de paz. O estudo buscou demonstrar que a adoção de indicadores de sustentabilidade no planejamento pode ser uma forma capaz de minimizar a vulnerabilidade das pessoas e dos lugares, no entanto as cidades brasileiras evidenciaram suas fragilidades, devido aos desafios impostos pela gestão territorial em países em desenvolvimento. Ainda é preciso avançar nas discussões e evidências. Até o momento, o que se sabe é que o distanciamento social é a única forma de evitar o contágio e ser capaz de achatar a curva de contaminação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-06-18

Como Citar

GONZAGA, E. A. R.; LACERDA, I. do C.; JESUS, T. T. de; LIMA, S. do C. EQUIDADE, JUSTIÇA SOCIAL E CULTURA DE PAZ EM TEMPOS DE PANDEMIA: UM OLHAR SOBRE A VULNERABILIDADE MUNICIPAL E A COVID-19 . Hygeia - Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde, [S. l.], p. 111–121, 2020. DOI: 10.14393/Hygeia0054569. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/hygeia/article/view/54569. Acesso em: 2 jul. 2022.

Edição

Seção

Edição Especial: Dossiê COVID-19