PERCEPÇÃO SOBRE O ISOLAMENTO SOCIAL NO CONTEXTO DA PANDEMIA DE COVID-19 NO ESTADO DE PERNAMBUCO, BRASIL

Autores

  • Anselmo César Vasconcelos Bezerra Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE)
  • Carlos Eduardo Menezes da Silva Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE)
  • Fernando Ramalho Gameleira Soares Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)

DOI:

https://doi.org/10.14393/Hygeia0054397

Palavras-chave:

Distanciamento social, Novo Coronavírus, Saúde Mental

Resumo

O objetivo deste artigo é apresentar os resultados de uma pesquisa de opinião realizada com residentes do estado de Pernambuco sobre os fatores relacionados ao isolamento social durante a pandemia de COVID-19. Utilizou-se de um questionário construído no Google Forms e enviado pelas redes sociais: whatsapp, instagram e facebook. As perguntas buscavam evidenciar: perfil socioeconômico; situação de isolamento social; impactos do isolamento; expectativa do tempo que permanecerá em isolamento; e condições de habitação e saúde. As 7.593 respostas evidenciaram que 32% das pessoas estão em isolamento total; 57% em isolamento parcial; e 11% não estão isoladas. 88% acreditam na estratégia do isolamento. O convívio social foi o principal impacto percebido para 37% dos respondentes. 74% relataram algum nível de estresse; 21% pararam de ganhar dinheiro; 56% apresentaram alterações no sono e apenas 37% está fazendo algum exercício. Para 79% a residência é boa ou ótima para ficar isolado. Além disso, as condições de habitação demonstraram forte correlação com a possibilidade de ficar mais tempo em auto isolamento, o que no contexto do estado com mais de 800 mil pessoas vivendo em assentamentos subnormais ressalta a importância de estratégias direcionadas a este fator para ampliar a efetividade da estratégia de enfrentamento da pandemia. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-06-18

Como Citar

BEZERRA, A. C. V. .; SILVA , C. E. M. da; SOARES, F. R. G. . PERCEPÇÃO SOBRE O ISOLAMENTO SOCIAL NO CONTEXTO DA PANDEMIA DE COVID-19 NO ESTADO DE PERNAMBUCO, BRASIL. Hygeia - Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde, [S. l.], p. 143–152, 2020. DOI: 10.14393/Hygeia0054397. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/hygeia/article/view/54397. Acesso em: 15 ago. 2022.

Edição

Seção

Edição Especial: Dossiê COVID-19