A PANDEMIA COVID-19 EM PORTUGAL CONTINENTAL – UMA ANÁLISE GEOGRÁFICA DA EVOLUÇÃO VERIFICADA NOS MESES DE MARÇO E ABRIL

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/Hygeia0054396

Palavras-chave:

COVID-19, Difusão espacial, fatores sociodemográficos

Resumo

O processo de difusão do vírus pelos vários países e regiões do mundo, vem destacar a importância da geografia na interpretação dos fenómenos. O presente artigo tem como objetivo identificar a evolução concelhia da propagação do vírus COVID-19, no período compreendido entre março e abril em Portugal Continental, procurando relacionar esse padrão com as características demográficas e socioeconómicas do território continental português. O processo de difusão iniciou-se pelas áreas urbanas mais densas, seguindo as áreas de fronteira e posteriormente, propagou-se aos territórios de população envelhecida e menor densidade demográfica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-06-17

Como Citar

MARQUES DA COSTA, E.; MARQUES DA COSTA, N. A PANDEMIA COVID-19 EM PORTUGAL CONTINENTAL – UMA ANÁLISE GEOGRÁFICA DA EVOLUÇÃO VERIFICADA NOS MESES DE MARÇO E ABRIL. Hygeia - Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde, [S. l.], p. 72–79, 2020. DOI: 10.14393/Hygeia0054396. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/hygeia/article/view/54396. Acesso em: 21 maio. 2022.

Edição

Seção

Edição Especial: Dossiê COVID-19