COVID-19 NA REGIÃO DE SAÚDE TRIÂNGULO SUL, MG: UMA PERSPECTIVA CARTOGRÁFICA

Autores

  • Ricardo Vicente Ferreira Universidade Federal do Triângulo Mineiro - UFTM, Campus Uberaba
  • Denise Maciel Carvalho Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais/SRS/Uberaba
  • Ana Laura de Paula Souza Universidade Federal do Triângulo Mineiro - UFTM, Campus Uberaba
  • Marcos Roberto Martines Universidade Federal de São Carlos - UFSCAR, Campus Sorocaba
  • Luiza Maria de Assunção Universidade do Estado de Minas Gerais - UEMG, Unidade Ituiutaba

DOI:

https://doi.org/10.14393/Hygeia0054379

Palavras-chave:

Coronavírus, Sistemas de Informação Geográfica, região de saúde, epidemiologia

Resumo

Uma das formas de monitorar o espalhamento do novo coronavírus é pela análise cartográfica de mapas temáticos sobre as notificações de casos confirmados de Covid-19 e outras variáveis geográficas. Este estudo mostra resultados do mapeamento de casos de COVID-19 na Macrorregião de Saúde Triângulo Sul, MG, relacionando dados geográficos para compreender a dinâmica espacial da doença nessa área. Os dados utilizados são provenientes das notificações fornecidas pela Superintendência Regional de Saúde de Uberaba, referentes aos 27 municípios sob sua jurisdição. São utilizados Sistemas de Informação Geográfica (SIG), planilhas eletrônicas e mapas base para a construção de banco de dados geoespacial e produção de mapas temáticos. Os resultados mostram que os primeiros casos ocorreram nas cidades com maior população e possuem maior conectividade com metrópoles e cidades médias, indicando uma possível correlação entre a hierarquia das cidades na rede urbana e a disseminação do vírus nas populações. Na escala intra-urbana, os casos se concentram na porção central das cidades e a maior taxa de infecção ocorreu em Uberaba, município de maior população e que centraliza a Macrorregional. O estudo prevê o acompanhamento da pandemia da COVID-19 e o subsídio à vigilância epidemiológica na região de saúde, com o mapeamento temático e apontamento de possíveis fatores de risco e da difusão espacial da doença.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-06-17

Como Citar

VICENTE FERREIRA, R.; CARVALHO, D. M. .; SOUZA, A. L. de P.; MARTINES, M. R. .; ASSUNÇÃO, L. M. de . COVID-19 NA REGIÃO DE SAÚDE TRIÂNGULO SUL, MG: UMA PERSPECTIVA CARTOGRÁFICA. Hygeia - Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde, [S. l.], p. 49–59, 2020. DOI: 10.14393/Hygeia0054379. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/hygeia/article/view/54379. Acesso em: 15 ago. 2022.

Edição

Seção

Edição Especial: Dossiê COVID-19