ANÁLISE MULTINÍVEL E DIAGNÓSTICO DE SITUAÇÃO DE SAÚDE PARA AVALIAÇÃO DE RISCO E VULNERABILIDADE SOCIAL

Autores

  • Angelita Ferreira da Silva Mestre pela Universidade Federal de Uberlândia - UFU
  • Samuel do Carmo Lima Universidade Federal de Uberlândia - UFU
  • Filipe Antunes Lima Doutorando da Universidade Estadual Paulista - UNESP PP

DOI:

https://doi.org/10.14393/Hygeia142809

Palavras-chave:

Situação de saúde. Risco. Vulnerabilidade. Prevenção. Promoção da saúde.

Resumo

Diagnósticos de situação de saúde que podem ser uteis para diagnosticar e intervir sobre os riscos representam mais que uma lista de doenças e agravos de maior ocorrência na população de um determinado lugar. A situação de saúde dos indivíduos e da população não é resultado de fatores biológicos apenas, muito ao contrário, é predominantemente relacionado aos determinantes sociais. O objetivo deste estudo é apresentar uma metodologia de análise multinpivel para avaliar riscos e vulnerabilidade social. Atualmente, fala-se muito que o estilo de vida do indivíduo afeta sua saúde e estes são culpabilizados por não serem capazes de mudar o seu estilo de vida para evitar o risco e para promover a própria saúde. Neste caso, também, há que se entender que o estilo de vida dos indivíduos não é uma escolha deliberada e consciente. Isso nos faz a pensar que o modelo da determinação social da saúde nos leva do indivíduo ao território, passando pela população, e para isso, necessitamos de uma metodologia de análise multinível (DIEZ ROUX, 2001, PROIETTI ET AL. 2008, DIEZ ROUX; MAIR, 2010, LIMA, 2016). Os dados individuais e de composição são obtidos dos relatórios de Cadastro Domiciliar e Territorial e Cadastro Individual do E-SUS e inquéritos populacionais na Área da Unidades de Saúde. Os dados integrais são obtidos por meio de Observação Social Sistemática do território (PROIETI, 2008). Para prevenir é preciso identificar as causas, os fatores de risco e sua exposição, e ainda, mais que isso. Sabendo que o risco a que os indivíduos estão submetidos é o resultado não só da exposição, nem só dos comportamentos individuais, o diagnóstico de situação de saúde deve nos informar também a vulnerabilidade social, que não é resultado da exposição ao risco, mas de um contexto de vida e trabalho, que pode atenuar ou intensificar o risco (LIMA, 2016). A situação de saúde pode ajudar a identificar os risco à saúde, para os quais se deve estabelecer prevenção, mas também identificar a vulnerabilidade social, para a promoção da saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-07-05

Como Citar

FERREIRA DA SILVA, A.; LIMA, S. do C.; ANTUNES LIMA, F. ANÁLISE MULTINÍVEL E DIAGNÓSTICO DE SITUAÇÃO DE SAÚDE PARA AVALIAÇÃO DE RISCO E VULNERABILIDADE SOCIAL. Hygeia - Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde, [S. l.], v. 14, n. 28, p. 114–120, 2018. DOI: 10.14393/Hygeia142809. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/hygeia/article/view/42968. Acesso em: 7 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos