“Novas rotas” de circulação das cartilhas no extremo sul de Mato Grosso

Conteúdo do artigo principal

Thaise da Silva
https://orcid.org/0000-0002-8555-3653
Estela Natalina Mantovani Bertoletti
https://orcid.org/0000-0003-4692-392X

Resumo

Neste estudo, analisa-se a circulação de livros didáticos de alfabetização, também denominados de cartilhas, na escola primária da região conhecida como Colônia Agrícola Nacional de Dourados, localizada no extremo sul do estado de Mato Grosso, entre as décadas de 1950 e 1970. Para tanto, realizou-se uma pesquisa qualitativa de base documental, na qual foram examinados documentos da 6ª Delegacia de Ensino Primário de Dourados e algumas cartilhas. A partir dos documentos investigados, buscou-se compreender a circulação de cartilhas localizadas apenas nesta região do estado. Os resultados alcançados indicam que a circulação destes artefatos nesta região se diferenciou das demais devido à influência do Governo Federal, repercutindo na educação, na cultura e no desenvolvimento local.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
Silva, T. da ., & Bertoletti, E. N. M. . (2020). “Novas rotas” de circulação das cartilhas no extremo sul de Mato Grosso. Cadernos De História Da Educação, 19(3), 999–1012. https://doi.org/10.14393/che-v19n3-2020-20
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Thaise da Silva, Universidade Federal da Grande Dourados (Brasil)

https://orcid.org/0000-0002-8555-3653
http://lattes.cnpq.br/1166205157563886
thaisedasilva77@gmail.com

Estela Natalina Mantovani Bertoletti, Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (Brasil)

https://orcid.org/0000-0003-4692-392X
http://lattes.cnpq.br/6635594534694580
estela@uems.br

Referências

AMÂNCIO, L.N.B.; CARDOSO, C.J. Parte III – Mato Grosso. In I. C. A. Frade; F. I. P. Maciel (Orgs.). História da alfabetização: produção, difusão e circulação de livros (MG/RS/MT – Séc. XIX e XX). Belo Horizonte, MG: UFMG/FaE, 2006, p. 187-278.

BATISTA, A.A.G.; ROJO, R. Livros escolares no Brasil: a produção científica. In: COSTA VAL, M. G.; MARCUSCHI, B. (orgs.). Livros Didáticos de língua portuguesa: letramento, inclusão e cidadania. Belo Horizonte: Ceale; Autêntica, 2008.

BERTOLETTI, E.N.M; SILVA, M.C. Cultura escrita na escola primária: a circulação de livros didáticos para ensino de leitura (1928-1961). Revista Brasileira de História da Educação, 2016, v.16, p.373-403. https://doi.org/10.4025/rbhe.v16i1.775.5

BRAGANÇA, A. (2004). A Francisco Alves no contexto da formação de uma indústria brasileira do livro. In Anais do 1º Seminário Brasileiro sobre Livro e História Editorial, Rio de Janeiro, RJ. Acessado em: http://www.livroehistoriaeditorial.pro.br/pdf/anibalbraganca.pdf

ESPAÇO ALOISIO MAGALHÃES. Cartilha ABC. In.: ESPAÇO ALOISIO MAGALHÃES. Memória da Educação. Porto Alegre: Centro de Referência Aloisio Magalhães, 2009. Disponível em: https://aloisiomagalhaesbr.wordpress.com/memoria-da-educacao/cartilha-abc/. Acesso em: 11 de setembro de 2017.

FRADE, I.C.A. S; MACIEL, F.I.P. Fontes para a história da alfabetização e dos livros didáricos em Minas Gerais: os impressos e o arquivo. In: I. C. A. Frade; F. I. P. Maciel (Orgs.). História da alfabetização: produção, difusão e circulação de livros (MG/RS/MT – Séc. XIX e XX). Belo Horizonte, MG: UFMG/FaE, 2006, p. 65-94.

FTD. A História. In.: FTD. FTD Educação. São Paulo: FTD, 2017. Disponível em: https://ftd.com.br/a-ftd/a-historia/. Acesso em: 14 de setembro de 2017.

FURTADO, A.C.; MOREIRA, K.H. Professores Leigos em Escolas Rurais Primárias no Sul de Mato Grosso (1930-1970). In: 37 Reunião Anual da Associação Nacional de Pós-Graduação em Educação (ANPED), 2015, Florianopólis. Tensões e Perspectivas para a educação pública brasileira. Florianópolis - SC: UFSC, 2015. v. 37. p. 1-21.

GRESSLER, L.A.; SWENSSON, L.J. Aspectos históricos do povoamento e da colonização do Estado de Mato Grosso do Sul: destaque especial ao município de Dourados. Dourados: L.A, 1988.

HALLEWELL, L. (2005). O livro no Brasil – sua história (2ª ed., rev. Ampl.). São Paulo, SP: Edusp.

IRALA, C.; NASCIMENTO, A.C. ; FURTADO, A.C. Fontes para o estudo da escola primária rural no sul do antigo Mato Grosso (1940-1970). In: XII Encontro de Pesquisa em Educação do Centro-Oeste ANPED, 2014, Goiânia. Pós-Graduação e Pesquisa em Educação: contradições e desafios para a transformação social, 2014. v. 1. p. 1-15.

MANTOVANI, K.P. O Programa Nacional do Livro Didático – PNLD: impactos na qualidade do ensino público. (Dissertação de Mestrado), Programa de pós-graduação em geografia humana, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo. São Paulo, 2009.

MATO GROSSO. Diretrizes para a Educação do Mato-Grosso. Cuiabá, MT, março de 1965.

MENEZES, A.P. Colônia Agrícola Nacional De Dourados – história, memória:
considerações acerca da construção de uma memória oficial sobre a CAND na região da Grande Dourados. Revista História em Reflexão: Vol. 5 n. 9 – UFGD - Dourados jan/jun, 2011.

MOREIRA, K.H. Um balanço das pesquisas em História da Educação no Brasil com o livro didático: questões sobre fonte, temas e métodos. In. CIHELA, 11. Toluca-México. Anais.2014.

MORTATTI, M.R.L. Os sentidos da alfabetização. São Paulo (1876/1994). São Paulo, SP: Unesp, 2000. https://doi.org/10.7476/9788539302697

PERES, E. Desenvolvimento do projeto de pesquisa Cartilhas Escolares em Pelotas (RS): organização do trabalho, fontes e questões de investigação. In: FRADE, I. C. A. S.; MACIEL, F. I. P. (orgs.). História da alfabetização: produção, difusão e circulação de livros (MG/RS/MT – Séc. XIX e XX). Belo Horizonte: UFMG/Fae, 2006, p. 117-170.

PERES, E. Autoras de obras didáticas e livros para o ensino da leitura produzidos no Rio Grande do Sul: contribuições à história da alfabetização (1950-1970). Educação Unisinos, v. 12, p. 111-121, 2008.

PESAVENTO, S.J. História & história cultural. 2ª Edição. Belo Horizonte: Autêntica, 2005.

PONCIANO, N. P. Fronteira, religião, cidade: o papel da Igreja Católica no processo de organização sócio-espacial de Fátima do Sul/MS (1943 – 1965). 2006. Tese (Doutorado em História) – FCL/UNESP, Assis, 2006.

PUELLES BENÍTEZ, M.P. Los manuales escolares: un nuevo campo de conocimiento. Revista Interuniversitaria- Historia de la Educación. Salamanca, n. 19, 2000, p. 5-10.

QUEIROZ, P.R.C. A Companhia Mate Laranjeira, 1891 - 1902: contribuição à história da empresa concessionária dos ervais do antigo sul de Mato Grosso. Revista Territórios e Fronteiras, 2015, v.8, n.1, p.204-228. https://doi.org/10.22228/rt-f.v8i1.336

SILVA, M.C. De como educar meninas e moças pela leitura de romances em coleções (1930-1960). In S. Camara (Org.), Pesquisa(s) em história da educação e da infância: conexões entre ciência e história. Rio de Janeiro, RJ: Quartet, 2014, p.517-536.

SILVA, T. Os “novos” discursos sobre alfabetização em análise: os livros de 1º ano do ensino fundamental de nove anos do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD 2010). 2012. Tese (Doutorado em Educação) - Programa de Pós-Graduação em Educação, Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2012.

SILVA, T.; BERTOLETTI, E.N.M. Políticas de circulação de livros didáticos de alfabetização no sul de Mato Grosso e seus métodos (1927-1961). Revista Poiésis, 2017, v. 11, n.20, p. 268-286. https://doi.org/10.19177/prppge.v11e202017268-286

TIANA FERRER, A. (Org.) El libro escolar, reflejo de intenciones políticas e influencias pedagógicas. Madrid: Universidad Nacional de Educación a Distancia-UNED, 2000.

Documentos

BRAZ, M. Vamos Sorrir: cartilha.10ª edição. São Paulo, FTD, 1973.

BRAZ, M. Vamos Sorrir: Livro do Professor. São Paulo, FTD, s.d.

MARCOZZI, A.; JACOME, E.; MARRA, G.; LIMA, L.; BLOIS, M.; ADELL, N.; DANA, R.; AVILEZ, T. Siga Aprendendo: cartilha. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1971.

MARCOZZI, A.; JACOME, E.; MARRA, G.; LIMA, L.; BLOIS, M.; ADELL, N.; DANA, R.; AVILEZ, T. [et al]. Siga Aprendendo: Guia do Professor. Rio de Janeiro: Editora Civilização Brasileira, 1968.