LOGÍSTICA DE TRANSPORTES E EXPORTAÇÕES DE CAFÉ NO ESTADO DE MINAS GERAIS, BRASIL

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/BGJ-v11n1-a2020-57474

Resumo

No mercado internacional, a logística de transportes tornou-se um elemento-chave e indispensável na organização territorial das atividades empresariais, incluindo o segmento de commodities agrícolas. As estruturas produtivas e de comercialização de produtos exportáveis como o café, que é demandado nos mercados internacionais, buscam os serviços de transportes especializados para interconectar os mercados. O objetivo deste artigo é analisar as interações espaciais da infraestrutura dos serviços logísticos de transportes na movimentação do café produzido em Minas Gerais e que é exportado para os mercados internacionais, considerando as áreas produtivas, os recintos alfandegados e os transportes internacionais, no período de 1997 a 2018. Realizou-se a revisão de literatura, a coleta e a organização de dados disponibilizados pelas instituições públicas brasileiras. As empresas exportadoras transportam o café pelo território nacional utilizando o modal rodoviário, que concentram os fluxos nos portos e no transporte marítimo com destino aos mercados globais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Patrick Pereira de Jesus, Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES, Brasil, Minas Gerais, Brasil.

Mestre em Geografia pela Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES).

Luiz Andrei Goncalves Pereira, Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES, Brasil, Minas Gerais, Brasil.

Doutor em Geografia - IG/UFU. Professor do Programa de Pós-Graduação em Geografia/Departamento de Geociências - UNIMONTES

Downloads

Publicado

2020-07-31