GEOGRAFIA E MOBILIDADE:

primeiras aproximações

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/BGJ-v11n1-a2020-57153

Resumo

A mobilidade populacional foi à mola propulsora para esta pesquisa cientifica de doutoramento, tendo centralidade nos deslocamentos espaciais, em virtude das múltiplas trajetórias do nikkei na porção Oeste do Estado de São Paulo, visando uma dinâmica territorial pela tríade colonização-migração-natureza. Mas, nesta nota, procuraremos nos prender somente na questão das primeiras aproximações da geografia com o conceito de mobilidade(s) pelos clássicos da geografia.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adriano Amaro de Sousa Sousa, Faculdade Tecnológica de Itaquaquecetuba - FATEC Itaquaquecetuba

Sou Bacharel em Ciências Econômicas pela Faculdades Integradas "Antônio Eufrásio de Toledo" (2002). E, também, Licenciado em Geografia pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (2007). Cursei Mestrado (2010) e Doutorado (2019) em Geografia pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho". É Professor do Ensino Superior da FATEC Barueri "Padre Danilo José de Oliveira Ohl" nos cursos de Comércio Exterior e de Transportes Terrestres. E, também, Professor da FATEC Itaquaquecetuba no curso de Gestão Comercial na disciplina de Gestão Ambiental. É professor do Ensino Médio Técnico na Etec Albert Einstein (Casa Verde/SP). Também, Professor Colaborador da Faculdade de Conchas nos cursos de Pós-Graduação na área de Educação para o Ensino Superior. É Pesquisador Associado Centro Latino-Americano de Estudos em Cultura (CLAEC).Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Geografia Econômica Regional Urbana, atuando principalmente nos seguintes temas: população, mobilidade, industrialização, geopolítica e cultura.

Downloads

Publicado

2020-07-31

Edição

Seção

Scientific notes/Notas científicas/Notas científicas/notes scientifiques