A INFLUÊNCIA DA GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS NA QUALIDADE AMBIENTAL E NAS DESIGUALDADES SOCIOESPACIAIS DE MARINGÁ – PR

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/BGJ-v11n1-a2020-55724

Resumo

O aumento da produção de resíduos sólidos decorrente da intensificação do consumo é um dos responsáveis pelos impactos ambientais e sociais nas cidades. A qualidade ambiental de um determinado local, se refere a condição positiva ou negativa deste a partir de indicadores sociais e ambientais, assim, essa é refletida também na qualidade de vida de uma população. Um fator relacionado com a qualidade ambiental é a vulnerabilidade social. Desse modo, o objetivo desse artigo é apresentar a análise do Plano de Gestão Integrada dos Resíduos Sólidos de Maringá e dos dados da coleta seletiva disponibilizados pela Secretaria de Serviços Públicos da cidade, e identificar os impactos gerados pela ineficiência de planos e sua influência da qualidade ambiental. A partir das análises identificamos que em Maringá, as áreas de exclusão social estão associadas as de baixa qualidade ambiental.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Kelly Cristina Rigoldi, Universidade Estadual de Maringá

Mestranda em geografia pela Universidade Estadual de Maringá, Licenciada e bacharelanda em Geografia pela mesma instituição. Integrante do Grupo de Estudos e Pesquisas Ambiente, Sociedade e Geotecnologias - GEPAG. Atuando nos seguintes temas: qualidade ambiental, geoprocessamento, desigualdade socioespacial.

Valéria Lima, Universidade Estadual de Maringá - UEM

Professora dos cursos de graduação e pós graduação em Geografia da Universidade Estadual de Maringa (UEM) na área de geotecnologias do departamento de Geografia. Doutora em Geografia do programa de pós graduação da FCT/UNESP. Possui Mestrado em Geografia, desenvolvido no curso de pós graduação em geografia da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, assim como graduação em Geografia por esta mesma instituição. Tem experiência na área de análise de Qualidade Ambiental, geoprocessamento e sensoriamento remoto. Atua principalmente nos seguintes temas: qualidade ambiental urbana, planejamento urbano e ambiental, análise ambiental, geoprocessamento e sensoriamento remoto.

Downloads

Publicado

2020-07-31