MAPEAMENTO DA QUALIDADE AMBIENTAL URBANA COM O USO DA TÉCNICA AHP (ANALYTIC HIERARCHY PROCESS)

Autores

  • Valéria Lima UEM

Resumo

A qualidade ambiental urbana pode indicar desigualdades socioespaciais no ambiente urbano, considerando os fatores sociais, econômicos e ambientais. A metodologia apresentada neste artigo utiliza a quantificação de indicadores socioambientais, através de técnicas de análises espaciais. De acordo com as características da cidade de Nova Andradina/MS, foram selecionados os indicadores: tipos de cobertura dos telhados, renda, saneamento ambiental, temperatura do ar e densidade de vegetação. Através da técnica AHP (Analytic Hierarchy Process), no aplicativo Spring 5.2, que consiste em análises combinatórias entre os indicadores, foi gerada uma rotina de programação com os pesos de cada um e foi realizado o processamento no LEGAL (Linguagem de Álgebra de Mapas) dentro deste mesmo aplicativo, resultando nos mapas de Qualidade Ambiental Urbana de Nova Andradina. De uma forma geral, a cidade apresentou qualidade ambiental regular, de acordo com os critérios e procedimentos utilizados. Esse resultado tem relação direta com o saneamento ambiental devido à presença de domicílios com esgotamento sanitário, via fossa rudimentar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-09-27