MODELAGEM DO POTENCIAL DE POLUIÇÃO H͍DRICA DA BACIA HIDROGRAFICA DO RIO MANSO - MT

Autores

  • Jeater Waldemar Maciel Correa Santos Universidade Federal de Mato Grosso
  • Gustavo Benedito Medeiros Alves Universidade Federal de Mato Grosso

Resumo

O estudo visou modelar o potencial de poluição hídrica da bacia do rio Manso-MT. Assim, realizou-se com auxílio de um sistema de informações geográficas (SIG) mapeamentos temáticos em nível de sub-bacias das fontes pontuais e difusas de poluição existentes na bacia. Tais mapas foram padronizados em cinco categorias de potencial poluidor (PRADO; NOVO, 2005), e suas informações ponderadas e sintetizadas conforme proposta de modelagem de Chuvieco e Congalton (1989). Como resultados verificou-se que as sub-bacias com maior potencial de poluição hídrica são as que tem maior produção agropecuária e elevado potencial de erosão dos solos; e com menor potencial de poluição as com maior preservação das matas ciliares, menor potencial erosivo do solos e situadas a maior distância do reservatório de Manso. Como os resultados encontrados nesse estudo estão em conformidade com os verificados por outros estudos usando outras metodologias, concluiu-se que a metodologia empregada mostrou-se também mostrou-se consistente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jeater Waldemar Maciel Correa Santos, Universidade Federal de Mato Grosso

Programa de Pós-Graduação em Geografia - Campus de Rondonópolis/Universidade Federal de Mato Grosso

Downloads

Publicado

2014-02-25