Análise da gestão de áreas cársticas em Dianópolis - TO: uma visão a partir da comunidade local

Autores

  • Fabiane Fernandes Silva Universidade Federal do Tocantins
  • Fernando Morais Universidade Federal do Tocantins

Resumo

A conturbada relação ser humano versus meio ambiente tem sido alvo de muitas discussões no mundo inteiro. O município de Dianópolis, situado na região sudeste do estado do Tocantins está localizado dentro de uma área de grande importância ambiental devido a presença de paisagens cársticas, porém, a ocupação antrópica nesta região para diversos fins tem elevado a fragilidade do carste. A presente pesquisa teve como objetivo geral, analisar a gestão da área em questão, tendo como foco principal a comunidade local. Para tanto, apoiou-se em duas etapas principais: trabalho de campo e entrevistas com a população. A utilização de tais metodologias permitiu constatar que o gerenciamento das áreas locais encontra-se falho no tocante à questão ambiental, uma vez que a ausência de planejamento tem permitido o surgimento e agravamento das perturbações ambientais na área de estudo. Assim sendo, para que seja possível utilizar-se dos recursos naturais, notoriamente indispensáveis para a sobrevivência humana, faz-se necessário uma integração entre a gestão ambiental e atividades voltadas para o uso sustentável, com o objetivo de respeitar os limites da natureza.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernando Morais, Universidade Federal do Tocantins

Professor Doutor Adjunto do Departamento de Geografia da Universidade Federal do Tocantins

Downloads

Publicado

2014-02-25