ANÁLISE AMBIENTAL DA SUB-BACIA HIDROGRÁFICA DO RIACHO VAL PARAÍSO (PB)

Autores

  • José Deomar de Souza Barros Universidade Federal de Campina Grande - UFCG
  • Lucia Helena Garófalo Chaves Universidade Federal de Campina Grande - UFCG

Resumo

RESUMO

A investigação sobre a gestão dos recursos naturais é relevante tendo em vista a necessidade de enfatizar o uso racional dos mesmos, com o objetivo de implantar práticas de desenvolvimento socioambiental sustentável. Os elementos bióticos e abióticos que compõem a bacia hidrográfica e a inserção do homem como agente de transformação desse ambiente permitem uma avaliação de forma integrada dos impactos e suas consequências sobre o ambiente.Neste sentido, o presente trabalho teve por objetivo determinar a deterioração ambiental da microbacia hidrográfica do Riacho Val Paraiso (PB). A referida pesquisa foi realizada no período de 10 de maio de 2013 a 15 de julho de 2013, contendo uma amostra de 68 famílias. Elaborou-se um questionário de acordo com a metodologia de Rocha e Kurts (2001), e aplicado na forma de entrevistas em visitas feitas as comunidades rurais que fazem parte da microbacia hidrográfica do Riacho Val Paraíso. Os resultados obtidos indicam que a microbacia apresenta uma deterioração ambiental de 56,25%, muito maior ao valor mínimo aceitável.

Palavras-chave: recursos naturais, desenvolvimento socioambiental sustentável, deterioração ambiental.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Deomar de Souza Barros, Universidade Federal de Campina Grande - UFCG

Licenciado em Ciências com Habilitação em Biologia e em Química pela Universidade Federal de Campina Grande

Lucia Helena Garófalo Chaves, Universidade Federal de Campina Grande - UFCG

Possui graduação em Agronomia pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (1977), mestrado em Agronomia pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (1983) e doutorado em Agronomia pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (1985). Atualmente é professora titular da Universidade Federal de Campina Grande com Pós-Doutorado na Universidade do Arizona, USA (2004). Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Química do Solo, atuando principalmente nos seguintes temas: fertilidade, salinidade, propriedades quimicas, variabilidade espacial e uso de rejeitos.

Downloads

Publicado

2014-02-25