EDUCAÇÃO MUSEAL: O CARÁTER PEDAGÓGICO DO MUSEU NA CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO

Autores

  • Isla Andrade Pereira de Matos Pontifícia Universidade Católica de Campinas

Resumo

O governo brasileiro, por intermédio do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), está desenvolvendo uma Política Nacional de Educação Museal (PNEM) com o propósito de fortalecer esse campo profissional, garantindo as condições necessárias para que sejam realizadas as práticas educacionais nos museus. Acompanhando o desenvolvimento dessa proposta governamental, o presente trabalho discute o caráter pedagógico do museu, que envolve a análise da definição do que vem a ser museu, sua função e sua relação com a memória. Ao se compreender a exposição museológica como documento histórico, defende-se a realização de visitas com planejamento e de forma processual (se iniciando na escola, partindo para o museu e finalizada novamente na sala de aula), de modo a permitir a construção do conhecimento por meio da educação museal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Isla Andrade Pereira de Matos, Pontifícia Universidade Católica de Campinas

Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Educação da Pontifícia Universidade Católica de Campinas, linha Políticas Públicas em Educação. Integra o Grupo de Pesquisa Política e Fundamentos em Educação. Possui graduação em História (Bacharelado e Licenciatura) pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2011). Atua nos seguintes temas: história, museu, patrimônio e questão étnico-racial.

Downloads

Publicado

2014-02-25