índice de gradiente de canal: significados e diretrizes para aplicação

Autores

  • Adalto Gonçalves Lima Universidade Estadual do Centro-Oeste, Guarapuava - PR

Resumo

O índice de gradiente de canal é comumente utilizado para avaliação do controle exercido por fatores geológicos sobre o perfil longitudinal dos rios. Embora amplamente utilizado, sobretudo recentemente no Brasil, por vezes o índice não é plenamente entendido em seu sentido geomorfológico e em suas transformações matemáticas. O objetivo do presente artigo é esclarecer tanto esse sentido quanto essas transformações. A abordagem adotada procura refazer o caminho lógico implícito na determinação do índice, propor procedimentos e analisar, criticamente, algumas recomendações de uso presentes na literatura. Os cálculos, propostas e análises são exemplificados com dados primários obtidos em um canal instalado sobre rochas vulcânicas da Formação Serra Geral. A equivalência da declividade do perfil semilogarítmico (índice de gradiente, k) com o produto da declividade pela extensão (SL) é apenas aproximada. Recomenda-se, então, usar apenas a formulação de k, tanto em trechos como no perfil integral, ou aplicar SL nos trechos e k no perfil integral. Devido a processos geomorfológicos distintos atuantes no início dos canais, recomenda-se a exclusão do mesmo e a adoção do valor operacional de início como igual a 1 metro. Com vistas à padronização de resultados, recomenda-se que a normalização da declividade (SL) seja feita como recomendada por Hack (1973).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adalto Gonçalves Lima, Universidade Estadual do Centro-Oeste, Guarapuava - PR

Departamento de Geografia; Área de Geomorfologia.

Downloads

Publicado

2013-12-29