Estudo Etnobotânico de plantas medicinais na comunidade Boa Vista, Prata - MG

Autores

  • Juliana Aparecida Povh Faculdade de Ciências Integradas do Pontal, Universidade Federal de Uberlândia
  • Edineth Freitas Assunção Faculdade de Ciências Integradas do Pontal, Universidade Federal de Uberlândia
  • Lucas Matheus da Rocha Faculdade de Ciências Integradas do Pontal, Universidade Federal de Uberlândia
  • Gabriela Lícia Santos Ferreira Faculdade de Ciências Integradas do Pontal, Universidade Federal de Uberlândia

Resumo

Objetivo do trabalho foi realizar estudo etnobotânico das plantas utilizadas como medicinais, as estruturas vegetais utilizadas, manipulação e indicação, além de identificar o uso dessas plantas como única fonte de tratamento utilizado pela população da comunidade rural Boa Vista no Município do Prata, MG. Para este estudo foram realizadas 42 entrevistas contendo dados pessoais dos entrevistados, nome popular, parte da planta utilizada, modo de preparo, indicação e se utilizam tal recurso e se é única fonte de tratamento. O material botânico foi identificado e depositado no laboratório de Botânica da Faculdade de Ciências Integradas do Pontal - FACIP e armazenadas para posterior doação ao Herbário HUFU do Instituto de Biologia, Universidade Federal de Uberlândia. Neste estudo foram registradas 343 citações de 80 espécies distribuídas em 38 famílias, além disso, oram identificadas 10 formas de preparo, sendo a decocção a forma mais mencionada e a folha a estrutura mais utilizada. As indicações terapêuticas totalizaram 77, a gripe foi a mais citada. Com relação ao uso de plantas para fins medicinais, pode-se observar que a população utiliza plantas para o tratamento de enfermidades, porém não como única fonte de tratamento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-02-25