RELAÇÕES ENTRE AS PERCEPÇÕES TÉRMICAS E ͍NDICES DE CONFORTO TÉRMICO DOS HABITANTES DE UMA CIDADE TROPICAL NA AMAZÔNIA ORIENTAL.

Autores

  • João de Athaydes Silva Junior UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARA NUCLEO DE ALTOS ESTUDOS AMAZ
  • Antonio Carlos Lôla da Costa UFPA / Inst. Geociências / Fac. Meteorologia
  • Juarez Carlos Brito Pezzuti UFPA / Núcleo de Altos Estudos Amazônicos
  • Rafael Ferreira da Costa UFRA / Centro Universitário de Parauapebas
  • Everaldo Barreiros de Souza UFPA / Inst. Geociências / Fac. Meteorologia

Resumo

Visando avaliar a percepção térmica de seus habitantes, foi realizado na cidade de Belém do Pará (01º27'S; 48º30'W; 10m altitude), um estudo com a coleta de dados de temperatura e umidade relativa do ar, além de aplicações de questionários pessoais. O experimento de campo ocorreu nos dias 17, 18 e 19 de novembro de 2010, simultaneamente, em sete pontos da cidade. Foram aplicados mais de dois mil questionários, para uma amostra populacional com idades entre 10 e 89 anos. Com as informações meteorológicas obtidas em campo foram calculados índices de Calor (IC) e, de Temperatura efetiva (ITE), os quais foram cruzados às informações obtidas com a população local. Os resultados indicaram que ambos os índices se adequaram satisfatoriamente às percepções pessoais. Também ficou bastante claro o desconforto térmico sentido pela população de Belém, entre o período das 11 às 14 horas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-12-30