Origens e distribuições dos nervos femorais em ovinos sem raça definida

Authors

  • Frederico Ozanam Carneiro e Silva Universidade Federal de Uberlândia
  • Thalita Rocha Brito Universidade Federal de Uberlândia
  • Bruno Gomes Vasconcelos Universidade Federal de Uberlândia
  • Hudson Armando Nunes Canabrava Universidade Federal de Uberlândia
  • Cheston Cesar Honorato Pereira Faculdade de Rio Verde
  • Raul Morais Nolasco Fundação Presidente Antônio Carlos
  • Angelita das Graças de Oliveira Honorato Universidade Federal de Uberlândia

Abstract

O crescimento da ovinocultura brasileira mostra que a atividade está em firme expansão. O estudo da morfologia é de grande importância, tanto a nível acadêmico como econômico, sendo assim foram utilizados 30 fetos de ovinos sem raça definida provenientes de abortos, natimortos e mortes naturais de fêmeas gestantes de núcleos criatórios do município de Uberlândia-MG, objetivou-se analisar as origens e distribuições dos nervos femorais. A artéria aorta torácica foi canulada para injeção no sentido crânio-caudal de formaldeído 10%. As peças foram mantidas submersas na referida solução por um período mínimo de 48 horas antes do início da dissecação. Observou-se através de uma incisão longitudinal ao longo da linha mediana ventral, desde a cartilagem xifóide do processo xifóide do osso esterno, até a borda caudal da sínfise pélvica, que foi desarticulada e atingiu-se a cavidade, da qual foram afastados os órgão e dissecados os nervos. Eles originaram-se dos ramos ventrais dos nervos espinhais de L4 a L6 e emitiram ramos aos músculos ilíaco medial, psoas maior e menor, sartório, pectíneo, vasto medial, vasto intermédio, vasto lateral e reto femoral.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2011-12-22

How to Cite

SILVA, F.O.C. e, BRITO, T.R., VASCONCELOS, B.G., CANABRAVA, H.A.N., PEREIRA, C.C.H., NOLASCO, R.M. and HONORATO, A. das G. de O., 2011. Origens e distribuições dos nervos femorais em ovinos sem raça definida . Bioscience Journal [online], vol. 27, no. 6, pp. 978–981. [Accessed7 December 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/8167.

Issue

Section

Agricultural Sciences