Efeito do nitrogenio na nutrição do girassol

Authors

  • Thomaz Figueiredo Lobo Universidade Estadual Paulista
  • Helio Grassi Filho Universidade Estadual Paulista
  • Iere Caindre Andrade Brito Universidade Federal de Campina Grande

Abstract

O Nitrogênio, além de ser um dos macronutrientes mais absorvidos pelas as plantas, é o nutriente que mais limita a produção de girassol. O objetivo deste trabalho foi avaliar os teores de nutrientes nas folhas, nos grãos e a exportação de nutrientes em função do aumento de níveis de N na cultura do girassol. Foi adotado o delineamento experimental em blocos casualizados constituído por cinco tratamentos e quatro repetições: T1 - 50 kg ha-1 de N dividido em 10, 20 e 20; T2 - 70 kg ha-1 de N dividido em 10, 30 e 30; T3 - 90 kg ha-1 de N dividido em 10, 40 e 40; T4 - 110 kg ha-1 de N dividido em 10, 50 e 50; T5 - 130 kg ha-1 de N dividido em 10, 60 e 60. Essas aplicações parceladas foram efetuadas quando da semeadura e aos 34 e 48 dias após a semeadura. Os parâmetros avaliados foram teores de nutrientes nas folhas, teores de nutrientes nos grãos e a exportação de nutrientes. Nas condições experimentais verificou-se que os teores foliares adequados de N foram adquiridos na dosagem acima de 110 kg ha-1 de N. Com o aumento da quantidade de N fornecido na cultura do girassol foi exportado mais este elemento, porém não na mesma proporção de aumento da dosagem. A menor dose de N promoveu os menores índices de exportação de P, K, Mg, S, B, Cu, Mn e Zn, enquanto que o aumento da dose deste nutriente diminuiu a exportação de Ca.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2011-06-30

How to Cite

FIGUEIREDO LOBO, T., GRASSI FILHO, H. and CAINDRE ANDRADE BRITO, I., 2011. Efeito do nitrogenio na nutrição do girassol . Bioscience Journal [online], vol. 27, no. 3, pp. 380–391. [Accessed29 November 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/8052.

Issue

Section

Agricultural Sciences