Topografia da papila parotídea em cães da raça Dachshund

Authors

  • Eduardo Mauricio Mendes de Lima Universidade de Brasília
  • Frederico Ozanam Carneiro e Silva Universidade Federal de Uberlândia
  • Renato Souto Severino Universidade Federal de Uberlândia
  • Sérgio Salazar Drummond Universidade Federal de Uberlândia
  • Angelita das graças de Oliveira Honorato Universidade Federal de Uberlândia
  • Flávia Azevedo Cavalcanti de Melo Universidade de Brasília

Abstract

A topografia da papila parotídea e seu ducto excretor têm sido objetivo de pesquisas, devido à necessidade deste conhecimento para o seu acesso em procedimentos em exames clínicos e cirúrgicos. O presente trabalho visa determinar a localização de abertura do ducto parotídeo, por meio da identificação da papila parotídea em cães da raça Dachshund, estabelecendo sua relação sintopia com os dentes da arcada superior. Foram examinados 50 animais adultos, 25 machos e 25 fêmeas, da raça Dachshund, onde 84% destes animais apresentaram a papila parotídea ao nível do 4º dente pré- molar superior, 12% entre o 4º dente pré-molar superior e 1º dente molar superior e 4% ao nível do 1º dente molar superior. Concluímos que a papila parotídea em cães da raça Dachshund ocorreu com maior freqüência ao nível do 4º dente pré-molar superior, foi observado ainda simetria bilateral, em todos os animais estudados.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2011-12-22

How to Cite

MENDES DE LIMA, E.M., CARNEIRO E SILVA, F.O., SEVERINO, R.S., DRUMMOND, S.S., DE OLIVEIRA HONORATO, A. das graças and CAVALCANTI DE MELO, F.A., 2011. Topografia da papila parotídea em cães da raça Dachshund . Bioscience Journal [online], vol. 27, no. 6, pp. 982–985. [Accessed4 December 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/7642.

Issue

Section

Agricultural Sciences