Prilocaína a 3% associada à felipressina na anestesia peribulbar de gatos

Authors

  • Francisco Cláudio Dantas Mota UNICASTELO
  • Duvaldo Eurides Universidade Federal de Uberlândia
  • Marco Antonio de Andrade Belo UNICASTELO
  • Rodrigo Okubo Universidade de São Paulo
  • Annelise Carla Camplesi UNICASTELO
  • Eloi Santos Portugal UNICASTELO

Abstract

O objetivo deste trabalho foi verificar a eficiência da prilocaina 3% associado a felipressina na anestesia peribulbar em gatos. Foram utilizados 8 gatos adultos, machos e fêmeas, com peso entre 2 e 3 kg. Cada animal recebeu clorpromazina (1,0 mg/kg IM) como medicação pré anestésica e propofol (3,0 mg/kg IV) para indução anestésica. Foi introduzido uma agulha hipodérmica de 13 x 3,8 em forma de "L" na porção superior da cavidade orbitária em direção ao fórnice e administrada prilocaína a 3% com vasoconstritor na dose de 5 mg/kg. Foi observado proptose após uma média de 2,28 ± 1,52 minutos, e este efeito durou em média 75,22 ± 26,99 minutos. Também ocorreu perda do reflexo corneano após 3,00 ± 1,69 minutos e sua duração foi de 73,75 ± 17,98 minutos em média. A prilocaína 3% com vasoconstritor manteve o globo ocular concêntrico, sem nistagmo e aboliu os reflexos corneanos sem causar efeitos colaterais.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2011-06-30

How to Cite

MOTA, F.C.D., EURIDES, D., BELO, M.A. de A., OKUBO, R., CAMPLESI, A.C. and PORTUGAL, E.S., 2011. Prilocaína a 3% associada à felipressina na anestesia peribulbar de gatos . Bioscience Journal [online], vol. 27, no. 3, pp. 444–451. [Accessed1 December 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/7554.

Issue

Section

Agricultural Sciences