Comparação in vitro do efeito de bebidas ácidas no desenvolvimento da erosão dental: análise por microscopia eletrônica de varredura

Authors

  • Renata Megda Paes Leme UNITRI
  • Rodrigo Antônio de Faria UNITRI
  • Juliana Bisinotto Gomes UFU
  • José Daniel Biasoli de Mello UFU
  • Letícia de Souza Castro-Filice UNIPAC

Keywords:

Erosão dental, bebidas ácidas, esmalte dental, microscopia de varredura

Abstract

O consumo regular de bebida ácida tem sido associado com o aumento da incidência de erosão dental, o que pode levar a graves conseqüências para a saúde bucal pela perda de tecido mineralizado, resultando em sensibilidade, dor e má aparência. O presente trabalho teve como objetivo estudar a importância do pH da dieta líquida industrializada na etiologia das lesões de erosão dental, bem como avaliar, in vitro, a influência do refrigerante de limão (Soda limonada®), do suco à base de soja sabor laranja (Ades®), da bebida isotônica sabor tangerina (Gatorade®) e do refrigerante de Cola (Coca-cola®) empregadas rotineiramente na alimentação de alunos em idade escolar, em função do tempo de exposição. Para este estudo foram utilizadas cinco coroas de incisivos e molares permanentes humanos livres de trincas e/ou fraturas, extraídos na Clínica de Cirurgia do Centro Universitário do Triangulo (UNITRI). Os espécimes foram divididos aleatoriamente em cinco grupos, sendo o pH das bebidas foi aferido utilizando-se um pH-metro, imediatamente após a abertura de cada frasco de bebida industrializada. Os ciclos de imersão foram realizados sob agitação, durante cinco minutos, três vezes ao dia, com intervalos de quatro horas, durante 30 dias. Todas as coroas de incisivos e molares submetidos ao protocolo foram observadas por microscopia eletrônica de varredura e após análise concluiu-se que as quatro bebidas avaliadas apresentaram potencial erosivo, sendo que o refrigerante à base de cola alterou o esmalte de forma mais intensa seguido pelo refrigerante de limão, bebida isotônica e suco à base de soja.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biography

Letícia de Souza Castro-Filice, UNIPAC

Professora das disciplinas de Histologia, Embriologia e Biologia Celular, com mestrado em Biologia Celular e Tecidual pela USP de São Paulo e doutorado em curso no programa de Imunologia e parasitologias pela UFU

Published

2011-02-01

How to Cite

PAES LEME, R.M., ANTÔNIO DE FARIA, R., BISINOTTO GOMES, J., BIASOLI DE MELLO, J.D. and DE SOUZA CASTRO-FILICE, L., 2011. Comparação in vitro do efeito de bebidas ácidas no desenvolvimento da erosão dental: análise por microscopia eletrônica de varredura . Bioscience Journal [online], vol. 27, no. 1. [Accessed19 May 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/7372.

Issue

Section

Health Sciences