Qualidade fisiológica e sanitária de sementes de algodoeiro produzidas nas regiões do Triângulo Mineiro e sul de Goiás

Authors

  • Fernando Cezar Juliatti Universidade Federal de Uberlândia
  • Reynaldo Del Bianco Junior Universidade Federal de Uberlândia
  • Juliana Araújo Santos Martins Universidade Federal de Uberlândia

Abstract

O presente trabalho teve como objetivo avaliar a incidência de fungos em sementes de algodoeiro, bem como sua influência sobre a germinação e vigor. As sementes foram obtidas nas regiões produtoras regiões do Triângulo Mineiro e do Sul de Goiás. Para compor os tratamentos, foram utilizadas as sementes com o seu respectivo município produtor: IAC-20 de Centralina-MG, IAC- 20 de Capinópolis-MG, IAC-20 de Grupiara-MG, IAC-21 de Capinópolis, IAC-21 de Bom Jesus-GO, IAC-22 de B. Jesus, Delta Pine de Centralina, Delta Pine de Cachoeira Dourada-GO e Redenção de Capinópolis. Os testes foram realizados em laboratório (sanidade, germinação e vigor) e em campo (emergência). Pelos resultados obtidos, concluiu-se que: 1- Os genótipos e locais avaliados influenciaram na incidência de fungos nas sementes; 2- A cultivar Redenção apresentou a maior incidência de Botriodiplodia theobromae; 3- O município de Grupiara se destacou pela maior qualidade das sementes produzidas; Botriodiplodia theobromae e fungos deteriorantes foram responsáveis pela redução da germinação das sementes enquanto que as bactérias do gênero Xanthomonas sp.não a afetaram, porém provocou redução na emergência de plântulas em campo

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2011-02-28

How to Cite

JULIATTI, F.C., JUNIOR, R.D.B. and SANTOS MARTINS, J.A., 2011. Qualidade fisiológica e sanitária de sementes de algodoeiro produzidas nas regiões do Triângulo Mineiro e sul de Goiás . Bioscience Journal [online], vol. 27, no. 1, pp. 24–31. [Accessed1 March 2024]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/7370.

Issue

Section

Agricultural Sciences