Propagação de sapotizeiro (Manilkara zapota L.) por estaquia

Authors

  • Eduardo José Almeida Universidade Estadual Paulista
  • Antonio Baldo Geraldo Martins Universidade Estadual Paulista

Abstract

Dois acessos de sapotizeiro (Manilkara zapota), planta nativa do sul do México e da América Central, pertencentes à Coleção de Frutíferas Nativas e Exóticas da UNESP/FCAV, Campus de Jaboticabal foram estudados quanto à propagação por estaquia de ramos coletados na primavera. O primeiro ensaio consistiu de imersão rápida da base de estacas semi-herbáceas enfolhadas dos acessos selecionados denominados FCAV-III e FCAV-VII, em solução hidroalcoólica (50%) de ácido indolbutírico (AIB) nas doses 0, 1.000, 3.000, 5.000 e 7.000 mgL-1. Foi testado o preparo de estacas com e sem lavagem do látex exsudado, em recipiente contendo água pura por período de 14 horas. O segundo ensaio constou somente da imersão das estacas herbáceas enfolhadas do acesso FCAV-III nas doses de AIB acima mencionadas. Ambos os ensaios foram realizados com estacas coletadas na primavera e preparadas com cerca de 12 cm de comprimento, plantadas em vermiculita textura média e conduzidas em condições de câmara de nebulização por aspersão intermitente sob telado com 50 % de luminosidade. Utilizaram-se quatro repetições com 10 estacas cada. O delineamento foi inteiramente casualizado e o primeiro ensaio foi conduzido em esquema fatorial 5 x 2 x 2 (doses de AIB x acessos x preparo das estacas) e ambos os ensaios foram analisados pelo teste de Tukey. Os dois acessos testados não apresentaram significativo enraizamento e os tratamentos utilizados não foram capazes de induzir apreciável emissão de raízes.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2010-12-28

How to Cite

ALMEIDA, E.J. and MARTINS, A.B.G., 2010. Propagação de sapotizeiro (Manilkara zapota L.) por estaquia . Bioscience Journal [online], vol. 26, no. 6, pp. 925–929. [Accessed2 March 2024]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/7241.

Issue

Section

Agricultural Sciences